Pelotas: 8ª Quinzena do Pêssego comercializa 2.634 quilos da fruta nos primeiros cinco dias

Feira Municipal do Pêssego (Foto: Prefeitura Municipal de Pelotas)

Nos primeiros cinco dias da 8ª Quinzena do Pêssego já foram comercializados 2.634 quilos da fruta. A quantidade é equivalente a quase 75% do total vendido durante os 15 dias do evento em 2020. Os dados são da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SDR) de Pelotas. O evento começou no dia 26 de novembro e se estende até o dia 11 de dezembro, com bancas no Mercado Central e bairros da cidade, de segunda-feira a sábados.

A abertura oficial ocorreu durante solenidade realizada no Mercado Central, com a presença de autoridades, produtores e representantes de entidades representativas da cadeia produtiva da fruta.

O presidente da Associação dos Produtores de Pêssego de Pelotas, Mauro Scheunemann, destaca que este é um momento de muito trabalho para os produtores pois 50% da colheita da fruta ocorre neste período, com uma superoferta da fruta tanto de mesa quanto para a indústria. Nas bancas, a fruta é comercializada diretamente do produtor ao consumidor, ao preço de R$ 5,00 o quilo. “Os produtores envolvidos com a feira estão muito otimistas e satisfeitos com o movimento, especialmente no Mercado Central”.

A grande novidade deste ano, a variedade BRS Mandinho foi muito bem aceita pelos consumidores, diz Scheunemann. “Os 200 quilos que levamos para a feira foram todos vendidos”, afirma.

Segundo a Emater, a colheita nas cultivares precoces está encerrada e segue a colheita nas demais cultivares, que representam mais de 50% da área implantada. A expectativa é de uma safra normal, com produção total na região entre 50 a 55 milhões de quilos da fruta. Na última semana, ocorrerram precipitações na região produtora, o que foi benéfico para as plantas retomando o desenvovlimento das frutas e melhorando o seu diâmetro. Com isto, melhora a classificação da fruta para o tipo I, obtendo melhor remuneração.

Os preços mínimos praticados entre indústria e produtor dão de R$ 1,65 pelo quilo da fruta de tipo I, de maior calibre, e de R$ 1,45 o tipo II. As indústrias estão com os insumos comprados para a elaboração do pêssego em calda. A expectativa de produção fira em torno de 40 milhões de latas.

Localização das bancas
* Centro
Largo do Mercado Central – de segundas-feiras a sábados, das 9 às 17h
* Bairros
– Sábados e domingos – Laranjal – avenida Rio Grande do Sul esquina Antônio Augusto Assumpção Júnior (praia)
– Segundas-feiras – Três Vendas – Terra Nova
– Terças-feiras – Três Vendas – avenida Fernando Osório (entrada da Lindoia) e avenida Salgado Filho defronte a Havan
– Quartas-feiras – avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira no entroncamento com a avenida Dom Joaquim
– Quintas-feiras – Fragata – avenida Duque de Caxias defronte o Sicredi
– Sextas-feiras – Três Vendas – Terra Nova

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome