Pelotas: Base governista na Câmara discute contribuição da iluminação pública

Mesa diretora da Câmara de Vereadores de Pelotas. (Foto: Gabriel Xavier)

Após a sessão desta terça-feira (07) a base governista na Câmara dos Vereadores se reuniu para discutir a possibilidade de a Câmara receber ainda este ano um projeto da prefeitura criando a Contribuição Sobre a Iluminação Pública (Cosip). O grupo firmou posição sobre alguns pontos que considera essenciais para que o projeto seja, ao menos, recebido na Câmara. Entre estes pontos está a garantia de que não haverá cobrança sobre o consumo e a de que haverá isenção total para famílias de baixa renda.

“Não vamos abrir nenhum tipo de discussão no que tange à forma anterior do projeto, baseado na cobrança de um percentual sobre os gastos. Desta forma, nem iremos abrir discussão com a prefeita”, diz o líder do governo, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB).

Conforme o entendimento do grupo de vereadores, o projeto em elaboração na prefeitura só terá chances de ser recebido e andar na Câmara, caso contemple, também, a ampliação do sistema de iluminação pública para a zona rural e a troca de todo o sistema para iluminação de LED.

O presidente da Câmara, vereador Cristiano Silva (PSDB) reforça que o encontro teve por objetivo reunir informações que tornarão possível a análise do projeto caso a prefeitura resolva enviá-lo ao Legislativo. Os pontos levantados na conversa serão encaminhados à Secretaria de Governo. “Não iremos analisar qualquer proposta que contenha os absurdos daquele projeto de 2018. Esse tipo de projeto nem se leva a plenário”, diz.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome