Pelotas recebe nova proposta de empreendimento no Laranjal

Empresa apresenta projeto de construção de novo condomínio fechado em Pelotas. (Foto: Rodrigo Chagas)

A prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) recebeu, no Paço Municipal, representantes da loteadora Teriva Urbanismo, na quarta-feira (10). Os diretores da empresa apresentaram nova proposta de empreendimento para o município – um condomínio fechado localizado na região da praia do Laranjal.

Paula falou sobre a importância de nova empresa se interessar por Pelotas e os benefícios que um empreendimento pode gerar ao município. “É uma boa notícia para Pelotas. Um novo investimento gera recursos, oportunidades e mais riquezas para o município, além de novos empreendedores chegando e apostando na cidade com a perspectiva de investirem ainda mais. O empreendimento também nos proporciona o planejamento mais concreto para trabalharmos na organização do traçado da nova estrada do Laranjal”, afirmou.

Conforme o diretor-técnico da Teriva, Sílvio Moraes, um dos principais motivos para a empresa investir em Pelotas foi a gestão do Município em relação à enchente de maio. “Já estudávamos Pelotas e a área do Laranjal há algum tempo. Porém, depois de vermos a qualificada gestão de crise do Município com a enchente, entendemos que era o momento ideal de entrada para um projeto novo na cidade, como mais uma alternativa de moradia para população”.

No momento, o projeto ainda passa pelo processo de autorizações e licenças de diversas secretarias para sua continuidade. Estavam presentes na reunião a diretora-presidente do Sanep, Claudelaine Coelho, e os secretários de Qualidade Ambiental, Eduardo Schaefer, e Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana, Daniel Mussi.

9 comentários

  1. Fala-se muito em empreendimentos imobiliários na praia do Laranhal.
    O que ninguém discute é a questão da mobilidade hurbana.
    Quando e quem vai propor estratégias de solução à questão?!?!?

  2. Meu sonho é o trapiche em T de novo, iluminado, com um restaurante em um dos lados. Se fosse meu o empreendimento, na semana de lua cheia faria jantares com música ao vivo.

  3. De novo tentando tirar a esponja natural e única barreira com as enchentes! Essas tentativas de construções no laranjal não vão ser benéficas para ninguém, só para o bolso da prefeitura.
    Preservar sítios arqueológicos não e discutido, só as formas de como ocultar o passado.
    Pelotas sempre com uma lógica higienista, extremamente racista, elitista excludente e “desenvolmentista”

  4. De novo tentando tirar a esponja natural e única barreira com as enchentes! Essas tentativas de construções no laranjal não vão ser benéficas para ninguém, só para o bolso da prefeitura.
    Preservar sítios arqueológicos não e discutido, só as formas de como ocultar o passado.
    Pelotas sempre com uma lógica higienista, extremamente racista, elitista excludente e “desenvolvimentista”

  5. Enquanto isso a buraqueira e o descaso com os moradores da ponte pra Lagoa segue. Uma vergonha o tratamento que se dá para os Bairros que nos acolhem no verão.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome