Pelotas: Queima de 50 contêineres gera prejuízo de R$ 95 mil ao Sanep em 2022

Dezenas de estruturas foram vandalizadas durante o ano; três somente na véspera do Ano Novo. (Foto: Divulgação)

Pelotas fechou o ano com o dado negativo de 50 contêineres incendiados em atos de vandalismo durante o ano de 2022 – uma média de uma unidade a cada semana, gerando prejuízo de aproximadamente R$ 95 mil ao Sanep e aos cofres públicos. Em dezembro, oito estruturas destinadas à coleta orgânica foram destruídas pelo fogo, sendo três delas somente neste sábado (31), na véspera do Ano Novo.

Os episódios foram identificados no Centro da cidade, em pontos próximos às avenidas Bento Gonçalves e Dom Joaquim.

“São práticas criminosas que, além de prejudicar o meio ambiente pela queima de resíduos, onera recursos públicos desnecessariamente, ou seja, é um dinheiro da própria população que é desperdiçado”, lamentou a diretora-presidente do Sanep, Michele Alsina.

Os alvos da depredação no final de semana foram limpos ainda no domingo (1º), com a retirada do restante do material e das partes derretidas dos contêineres. Novas estruturas já foram instaladas para viabilizar o descarte correto de resíduos orgânicos.

A autarquia reforça a importância de comunicar as ações de vandalismo contra o patrimônio público, ao serem presenciadas. O número para denúncias é o 153.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome