Pelotas: Idemar participa de entrega de câmaras frias

Pelotas recebe duas unidades do governo do Estado. Solenidade, na manhã desta quinta-feira, contou com a presença da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann (Foto: Michel Corvello)

O vice-prefeito Idemar Barz (PSDB) participou, na manhã de quinta-feira (4), da entrega de câmaras de refrigeração e seis computadores enviados pelo governo do Estado. A solenidade foi realizada no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), na antiga Estação Férrea, e contou com a presença da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann.

Idemar agradeceu a presença dos secretários dos municípios contemplados e celebrou a entrega dos equipamentos. “São de extrema importância os computadores e as câmaras para armazenar as vacinas, que estamos recebendo do Estado. Serão de grande proveito para a Pelotas”, afirmou.

As oito câmaras recebidas serão distribuídas entre quatro cidades que sofreram com as consequências das enchentes: Pelotas, Rio Grande, São José do Norte e Arroio Grande. Pelotas ficará com duas. Os seis computadores foram divididos entre Pelotas e Rio Grande.

Conforme Arita Bergmann, essa entrega soma-se ao total de cem unidades de conservação distribuídas nas regiões afetadas pela calamidade pública, adquiridas pelo tesouro do Estado. “Nós tínhamos um processo de licitação e conseguimos ampliá-lo para ter a possibilidade de fazer essa entrega. Tudo isso é uma demonstração do trabalho conjunto dos gestores municipais”, relatou.

A secretária de Saúde do Município, Rosana van der Laan, reconheceu importância dos equipamentos para qualificar a estrutura da SMS. “Agradeço esses presentes que são muito importantes para o armazenamento e manutenção da temperatura dos imunizantes. Meu cumprimento a todos, principalmente à secretária Arita, já que esse ato auxilia no cuidado da saúde de todos nós”, disse.

Vacinação contra a Influenza

Com início às 9h, no mesmo local, também foi realizada a campanha de vacinação contra a Influenza (gripe). Durante toda a manhã, a população, a partir dos seis meses de idade, pôde receber o imunizante. Conforme dados da SMS, 70 pessoas foram vacinadas.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Aline Machado, o objetivo é facilitar o acesso à vacinação para a população. “As ações extramuros sempre têm bons resultados, já que, indo além da Unidade Básica, atingimos mais pessoas. É importante que essas oportunidades sejam promovidas, porque estamos na sazonalidade dos vírus respiratórios. A imunização, nesse tempo, diminui a circulação viral da Influenza ou o agravamento da doença”, afirmou.

Os pelotenses que compareceram também acreditam que esse tipo de iniciativa facilita o acesso à imunização. Antônia dos Santos, 17 anos, disse que já tem o costume de se vacinar. “Eu acho importante porque nós conseguimos nos proteger contra as doenças”, afirmou. O aposentado Jorge de Alencar, 68, também não perdeu a oportunidade de se imunizar. “Procuro a prevenção porque, se adoecemos, provavelmente terá menos complicações.”

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome