Pelotas: 49 animais aguardam adoção no Canil e Gatil municipais

Foto: Arquivo/Gustavo Vara/Prefeitura de Pelotas

Na quinta-feira (18), 49 animais, abrigados no Canil e Gatil municipais, estão à procura de um lar em Pelotas. São 45 cães e quatro gatos que aguardam a adoção nos locais, que são gerenciados pela Prefeitura através da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde (SMS). As instalações funcionam em conjunto, e ficam localizadas na BR-392, km 71, ao lado da Hospedaria de Grandes Animais, perto do viaduto de acesso à Canguçu.

Em fevereiro deste ano, 46 cães estavam sob os cuidados do abrigo administrado pela Prefeitura. Agora, cerca de um mês depois, são 45. Mas isso não quer dizer que apenas um animal foi adotado. A veterinária responsável pelo local, Cristiane Berçot, esclarece que, nesse período, foram realizadas algumas poucas adoções, e outros cachorros foram recolhidos.

Cristiane lembra que muitos casos de apreensões são de animais que sofreram maus tratos, além daqueles em período pós-operatório e que passaram por castrações. “Ocorre que sempre temos cães em tratamento, aqueles que são apreendidos por maus tratos e por serem bravios não podem ir para as ruas, portanto permanecem no canil até que sejam adotados”, detalha. Há cães cegos, amputados e com doenças crônicas, que necessitam de medicação de uso contínuo e, portanto, são mantidos lá.

O processo de adoção envolve uma entrevista com os responsáveis técnicos do Canil, na qual é analisado o ambiente onde o animal irá residir – que deve apresentar condições apropriadas para a saúde física e mental dele. É feita, então, a assinatura do Termo de Adoção Responsável e a apresentação de documentos, como RG, CPF e comprovante de residência por parte do interessado. Posteriormente, é mantido o contato com os adotantes e as equipes do abrigo vistoriam esporadicamente, a fim de acompanhar a adoção.

Quem não puder adotar, mas quiser colaborar de alguma forma, pode doar roupas, cobertores, brinquedos e potes para o abrigo. Com a chegada do frio, os bichinhos do Canil precisam da maior quantidade possível de agasalhos adequados para proporcionar conforto. As contribuições podem ser feitas no Centro de Controle de Zoonoses, localizado na rua Lobo da Costa, 1764. O telefone para contato é o (53) 3284-7731.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome