Mostra de Cursos da UFPel aproxima a Universidade de candidatos ao ensino superior

Mostra contou com estandes dos mais diversos cursos da UFPel, nos quais professores e alunos apresentavam seus cursos. (Foto: Julia Barcelos)

Mesmo com chuva, a Mostra de Cursos da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) reuniu centenas de pessoas ao longo desta quarta-feira (6) na Escola Superior de Educação Física (ESEF). O evento tem como objetivo apresentar os cursos oferecidos pela instituição para estudantes do ensino médio de Pelotas e região.

A mostra contou com estandes dos mais diversos cursos da UFPel, nos quais professores e alunos apresentavam seus cursos, realizavam atividades interativas e orientavam sobre informações, como grade disciplinar, áreas de atuação e mercado de trabalho. A variedade de cursos inclui bacharelados, licenciaturas, tecnólogos e Educação a Distância (EAD). “É uma ‘amostra’ do que é a UFPel, do que fazemos em cada um dos cursos, para alunos que ainda não têm certeza do que querem, ou não fazem a menor ideia das possibilidades. É um momento de ver um pouquinho de quase tudo que fazemos na universidade”, explica Débora Simões, professora da Faculdade de Meteorologia e membro da equipe de organização da Mostra de Cursos.

Para Rafaella Lemos, aluna do 6º semestre do curso de Ciências Sociais, a Mostra é uma grande oportunidade para apresentar cursos que nem sempre são vistos ou conhecidos pela maioria das pessoas. “Por exemplo, o nosso curso normalmente fica mais apagado entre as pessoas. A maioria dos que chegaram aqui nunca tinham ouvido falar do curso de Ciências Sociais e na Mostra eles acabam conhecendo e até se interessando pela área”, relata.

Segundo os professores e alunos que representavam os estandes, as maiores dúvidas e curiosidades dos estudantes são sobre as temáticas estudadas em cada curso e as áreas de atuação. “É uma fase difícil, eles tem muitas dúvidas, então nós apresentamos o curso, qual a abrangência e áreas de atuação dele. Isso desperta o interesse e quem sabe a pessoa acaba decidindo e escolhendo sua área”, afirma o coordenador do curso de Agronomia, Uemerson da Cunha.

Outro curso que despertou a curiosidade dos visitantes foi o de Letras Libras/Literatura Surda. Aprovado pelo Conselho Universitário (Consun) em 2022, este é o primeiro curso de Licenciatura em Letras Libras ofertado por universidade pública no Rio Grande do Sul. Além disso, é o primeiro no Brasil a formar não somente professores de Língua Brasileira de Sinais, mas também professores de Literatura Surda.

No estande do curso na Mostra, os visitantes são recebidos por professores e alunos, ouvintes e não-ouvintes. “Os estudantes têm um pouco de dificuldade para entender no início, temos que explicar sobre a dinâmica, como a presença de tradutores e intérpretes de Libras nas aulas. Mas a recepção é muito boa, eles se interessam pelo curso!”, relata a aluna Julia de Lima, apaixonada pela Língua Brasileira de Sinais que ingressou na universidade no ano passado, mesmo após 40 anos longe das salas de aula.

Apesar dos dois adiamentos do evento e do dia chuvoso, a Mostra atraiu grande quantidade de estudantes. Desde a manhã, o ambiente amplo do Ginásio de esportes da ESEF estava tomado de estudantes explorando as possibilidades oferecidas pela UFPel. Entre eles estavam os alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Salesiano, de Rio Grande, Luísa Garcia, Arthur Oliveira e Alaniz Perez que afirmaram terem sido muito bem recebidos e instruídos pelos alunos e professores dos estandes. “Eu me interesso pelo curso de Química Forense, as alunas do curso conseguiram me explicar muito bem e tiraram todas as minhas dúvidas, sendo que pela internet seria muito mais difícil”, explica Luísa.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome