Pelotas: Festival da Cidade exibe filme sobre João Simões Lopes Neto

Curta metragem que dá vida à estátua de João Simões Lopes Neto é exibido no Festival da Cidade. (Foto: Divulgação)

O Festival da Cidade – programação dos 210 anos de Pelotas -, promovido pela Prefeitura, que ocorre durante todo o mês de julho, apresenta nesta sexta-feira (8), às 19h, a exibição do filme “A última morada de João Simões Lopes Neto”, no Instituto que leva o nome do autor de Contos Gauchescos, à rua Dom Pedro II, 810. O evento é gratuito e organizado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult). Senhas para entrada serão distribuídas no local a partir das 18h30.

O enredo do curta, que tem a produção local e independente, dá vida à estátua de bronze em tamanho natural, instalada na praça Coronel Pedro Osório em homenagem aos cem anos de morte do maior autor regionalista do Rio Grande do Sul. “De repente ele abre os olhos e se enxerga como estátua. A partir disso ocorrem diversas situações inusitadas”, revela a sinopse do filme.

Destaque internacional

A obra tem sido premiada e reconhecida em importantes festivais no Brasil e no exterior. Foi selecionada para ser exibida neste mês em dois festivais de cinema na Inglaterra e nos Estados Unidos. E já participou de dois outros eventos em Portugal e na Índia. A produção e elenco é formada por profissionais gaúchos. O filme foi dirigido por Márcio Kinzeski, com roteiro de Manoel Soares Magalhães, produção executiva de Marilaine Quintanilha. No elenco, Vagner Vargas faz João Simões Lopes Neto, Clemente Viscaino interpreta Coronel Pedro Osório, Roberta Pires Rangel é Melpômene e Hakeen Mhucale representa uma pessoa que foi escravizada no século 19.

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome