Executivo responde questionamentos dos vereadores sobre demandas nas estradas rurais de Morro Redondo

O prefeito Rui Brizolara (União Brasil) e o secretário de Obras, Urbanismo e Trânsito, Darlan Guidotti de Melo, participaram do encontro ocorrido na última quinta-feira (27). (Foto: Diones Forlan/JTR)

O prefeito de Morro Redondo, Rui Brizolara (União Brasil), e o secretário de Obras, Urbanismo e Trânsito, Darlan Guidotti de Melo, estiveram no prédio da Câmara de Vereadores, na última quinta-feira (27), respondendo aos questionamentos dos integrantes do Legislativo sobre demandas relacionadas às melhorias das estradas. Estiveram presentes o presidente da Câmara, Thiarles Schneider (PT); os vereadores Marcio Zanetti, Maico Vega e Maria Augustina Ludtke (Tininha), do União Brasil; além de Letícia Santos e Vivian Rickes Rosa, ambas PSDB; e Gilson Schwantz (Progressistas). Também acompanhou a reunião a vice-prefeita Angelica Boettge dos Santos (PSDB).

Conforme o relatório apresentado pela Secretaria, com os dados de chuvas disponibilizados pela Emater Municipal, de julho de 2023 a junho de 2024 choveu mais de 3.400 milímetros no município – o maior nível da história no período de 11 meses. O alto volume pluviométrico prejudicou os trabalhos de manutenção de estradas.

Confira dados de chuva de julho a dezembro de 2023:

Julho: 375 milímetros; agosto: 127 milímetros; setembro: 728 milímetros; outubro: 76.5 milímetros; novembro: 284 milímetros; dezembro: 233 milímetros.

Confira dados de chuva de janeiro a junho de 2024:

Janeiro: 181 milímetros; fevereiro: 175 milímetros; março: 91 milímetros; abril: 549 milímetros; maio: 433 milímetros; junho: 153 milímetros.

O Executivo relatou as ações que estão sendo executadas para sanar os problemas. Desde a metade do mês de maio, foram adquiridas 1.200 toneladas de pedras que estão sendo colocadas em diversos locais da zona rural onde tenham borrachudos, olhos d’água e pontos com acúmulo de barro. Uma valeta é aberta, onde é colocada uma camada de pedra grossa, depois de lona e, por fim, uma camada de pedra fina. Ainda está em andamento um outro edital de processo de licitação para adquirir por registro de preço 9.700 toneladas de pedra – totalizando investimentos em torno de R$ 452 mil de recursos próprios.

Brizolara e Melo sublinharam ainda que o município não possui locais com interrupção de trânsito. Os gestores também reforçam que equipes estão abrindo desaguadouros e desentupindo bueiros em diversas localidades. Em seguida, projeta-se substituir pontes de madeira menores por galerias de concreto que já chegaram ao município. Os serviços de patrolamento e colocação de cascalho estão ocorrendo em diversas localidades de acordo com as condições climáticas favoráveis. Neste momento, os trabalhos de roçadas priorizam os locais com estradas mais estreitas.

Para reforçar os serviços, será adquirida mais uma roçadeira através de emenda do deputado federal Bibo Nunes (PL). Com isso, o município terá duas máquinas trabalhando na roçada posteriormente.

O governo Municipal destacou que a prioridade atualmente é restabelecer as condições de trafegabilidade das estradas para, posteriormente, realizar outros tipos de serviços.

Confira o antes e depois de algumas estradas:

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome