Morro Redondo: Aulas presenciais retornaram nesta segunda-feira (16)

(Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (16), as aulas da rede municipal de ensino e do colégio estadual Nosso Senhor do Bonfim retornaram de forma presencial em Morro Redondo, após o período de um ano e cinco meses com aulas somente no ensino remoto, feitas à distância.

Conforme o secretário de Educação, Cultura e Desporto, Anderson Güths (Teko), a data é um marco de retorno. “O momento chegou com todos os cuidados, protocolos seguindo o plano de contingência de cada escola, com aprovação da Vigilância em Saúde. O retorno está ocorrendo com em torno de 50 a 60% dos alunos de forma presencial”, relatou.

Alunos receberam boas-vindas no retorno. (Foto: Divulgação)

O prefeito Rui Brizolara (DEM) comentou sobre a preocupação com o aprendizado e a alfabetização. “Claro que não tem como garantir 100% que ninguém vai pegar o vírus, mas todos os cuidados e orientações serão feitos pelas equipes das escolas. O importante é todos seguirem se cuidando e seguindo as recomendações, com o uso da máscara, álcool gel e distanciamento”, disse.

O secretário aponta que o retorno está ocorrendo com segurança, “Estamos oferecendo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos funcionários, temos o reforço de estagiários que irão auxiliar no monitoramento dos alunos e na verificação de temperatura”, afirmou.

Cada escola tem a identificação das classes onde os alunos podem sentar, com a devida identificação dos assentos permitidos e com 1,5 metros de distância. O transporte escolar conta com 75% da capacidade e o horário das aulas foi reduzido em uma hora. A merenda é feita com distanciamento e com pequenos grupos de alunos em horários diferentes e há higienização dos banheiros e do ambiente escolar em vários horários do dia. Guths salienta que praticamente quase todo o grupo de profissionais já recebeu as duas doses de vacinas e que, nos próximos dias, serão concluídas as doses restantes.

Alunos mantiveram distanciamento de 1,5 metro. (Foto: Divulgação)

Brizolara frisa que o retorno às aulas presenciais não é obrigatório, mas que os pais devem ficar atentos às perdas de aprendizado e que os alunos precisam avançar. O retorno dos alunos será intercalado, de modo que, em uma semana, eles irão três dias para a escola e ficarão dois dias em casa, em forma de rodízio. Na semana seguinte, ocorrerá a inversão.

Por fim, o secretário destaca que os pais possuem a livre escolha de manter a criança no ensino à distância ou de autorizar a ida para a aula presencial, sempre com uma semana de antecedência. Ele aponta que caso surja algum caso positivo, há uma sala com isolamento e já com protocolo de encaminhamento para secretaria de Saúde. Caso os responsáveis identifiquem a criança está com febre ou tenha algum outro sintoma, o aluno não deve ser mandado para escola e a Secretaria terá que ser avisada, para que ele seja monitorado.

“Diariamente, estaremos fazendo uma avaliação de como está ocorrendo este retorno, [para] dúvidas os pais podem entrar em contato com as escolas e com a Secretaria de Educação”, concluiu Teko.

Confira os horários das aulas:

Escolas Alberto Cunha, José Pinto Martins, Colégio Bonfim – 9h15 às 12h e 13h às 16h.

Escola Maria Luiza Oliveira – 8h30 às 11h30.

Escola Barão do Rio Branco – 9h às 12h.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome