Capão do Leão: Blocos que soltarem fogos de artifício correrão risco de punição no carnaval 2025

Lei proíbe em atividades comemorativas dentro do município o manuseio de fogos de artifício com estampido. (Foto: Freepik)

Foi desagradável para a vereadora Fernanda Ribeiro (Progressistas) assistir à queima de fogos de artifício por alguns blocos que desfilavam na passarela do Samba José Alaor Azambuja de sexta-feira (2) a domingo (4). Ela e os vereadores Edimar Borges de Barros (PDT), o Thyzyu, e David Martins (PTB) são autores do Projeto de Lei Legislativo nº 0029/2023 que proíbe em atividades comemorativas dentro do município o manuseio de fogos de artifício com estampido.

“Nem o aviso da comunicação oficial e o pedido da segurança privada foi capaz de sensibilizar alguns blocos que desrespeitaram a legislação vigente, tanto Estadual como Municipal”, explicou a edil. Segundo ela, a Legislação vigente estipula que em caso de desobediência sejam aplicadas multas conforme regras estabelecidas pela própria prefeitura. “Nós não imaginávamos que essas regras seriam desrespeitadas dessa forma, por isso não estipulamos valores de multa e nem punições aos blocos. Mas já vimos que para o próximo ano precisamos sim criar regras de repreensão a esse tipo de atitude”, explicou a vereadora.

“A partir de agora temos um ano pela frente para propormos mudanças na legislação e conversarmos com a Prefeitura sobre algumas questões que precisam ser olhadas pelo poder público e, certamente, fogos de artifício estão entre essas questões”, concluiu a vereadora.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome