Capão do Leão: Primeira idosa vacinada contra a Covid-19 no município completa 100 anos

Festa foi realizada com poucos familiares, por conta da pandemia. (Foto: Arquivo Pessoal)

A primeira idosa vacinada contra a Covid-19 em Capão do Leão completou no domingo (12) um século de vida. Dentista aposentada, Débora Almeida de Oliveira, mora com familiares no bairro Jardim América. Em fevereiro, o município recebeu 230 doses para vacinar idosos acima de 80 anos, entretanto, a Vigilância Sanitária optou por vacinar idosos pela ordem decrescente até os 80 anos. Por isso, a servidora da saúde aposentada foi a primeira idosa a receber vacina no município.

Sob o olhar atento do filho, da nora, e de cuidadoras, dona Débora vive cercada de muito amor e carinho 24 horas por dia. “A mãe, graças a Deus, está bem de saúde. Cada dia que passa é uma vitória, porque a gente nunca sabe como ela estará no outro dia. É uma benção de Deus a nossa família poder comemorar um século de vida”, disse Hélio Fernando Almeida Oliveira.

Embora vacinada com as duas doses e esperando pela terceira dose, a família decidiu comemorar os cem anos de dona Débora de forma simples, somente com os familiares mais próximos. Os mais distantes enviaram muitas mensagens de amor e carinho pelas redes sociais. Mas a família mantém expectativa de que, no final do ano, com o avanço da vacinação, a idosa possa receber, de forma presencial, beijos e abraços de familiares e amigos mais distantes.

Natural de Alegrete, Débora formou-se cirurgiã-dentista em 1952, pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre. Durante sua vida profissional morou em Santana do Livramento, divisa do Brasil com o Uruguai. Por último, residiu em Pelotas, por oito anos, deixando a Princesa do Sul somente em 2016, com a morte do marido. Foi a partir daí que passou a morar com o filho, no bairro Jardim América.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome