Capão do Leão: Carnavalesco é homenageado com nome em Passarela do Samba

José Alaor Azambuja era apaixonado por Carnaval, e teve participação em outros setores do município. (Foto: Arquivo Pessoal)

O largo da Passarela do Samba na avenida Narciso Silva, em frente a praça João Gomes, com aproximadamente 300 metros de extensão, recebeu o nome do carnavalesco e músico leonense José Alaor Azambuja. Com início na proximidade do antigo restaurante Cantarelli até o bar do Vilela, o trajeto foi palco de diversas atividades culturais e políticas no município.

A homenagem ao carnavalesco foi de autoria do vereador Paulo Renato Miranda (MDB) com respaldo do prefeito Vilmar Schmitt (Progressistas), que sancionou a Lei Ordinária de nº 2128, em 10 de março. Segundo o parlamentar, a ideia foi resgatar e lembrar os velhos carnavais de Capão do Leão, nos quais famílias iam para a passarela se divertir e brincar, situação adversa nos dias de hoje.

Conjunto Jazz Acapulco, com Azambuja no trombone, arrastava e reunia grande quantidade de pessoas. (Foto: Arquivo Pessoal)

“O carnavalesco José Alaor Azambuja foi fundador do bloco do Urso e do conjunto Jazz Acapulco, que arrastavam multidões na época, se deslocando pela avenida até o salão de baile da antiga Associação dos Trabalhadores do 4º Distrito, hoje atual prédio das Secretarias de Administração e Finanças. Seu principal instrumento musical era o trombone”, disse Miranda.

Apaixonado por Carnaval, Azambuja também foi um dos fundadores do CTG Tropeiros do Sul e teve importante participação nas lutas pela emancipação de Capão do Leão. Ele também foi funcionário da Pedreira Municipal de Pelotas (EMPEM), onde exerceu funções administrativas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome