Capão do Leão: Paisagens do município foram inspirações para livro

Livro narra as visões de Laura MacNeil durante a travessia do Atlântico por seus antepassados. (Foto: Divulgação)

O romance histórico “Granito” é o primeiro trabalho da escritora gaúcha Janice Barth e seu lançamento está previsto para 6 de novembro, em Capão do Leão, e 7 de novembro, em Pelotas. A narrativa traz uma mistura de realidade, fantasia e sonho, aglutinando fatos históricos e criações ficcionais, combinando vivências pessoais e criação literária.

A história de dois imigrantes que se conheceram a caminho do Brasil em 1880 é repleta de drama, aventura, lendas e emoção. O livro narra as visões de Laura MacNeil durante a travessia do Atlântico por seus antepassados, no final do século XIX, revê fatos históricos, testemunha paixões avassaladoras, além de presenciar perdas, traições e assassinatos, numa sequência de eventos capturados pelo poder mediúnico de Laura, mediados por sua conexão sobrenatural com a rocha milenar.

“A família de minha mãe nasceu e cresceu em Capão do Leão. Desde criança escutava minha avó contar histórias mágicas sobre pessoas, lugares e superstições deste lugar. Essas histórias povoaram meu imaginário e, depois de certo tempo e por motivos pessoais, precisei investigar mais sobre as origens da família Figueiredo do Capão do Leão. Eis que surge esse belíssimo romance histórico. Granito”, explicou a autora.

Na próxima sexta-feira (17), a escritora, que atualmente reside em Porto Alegre, estará em Capão do Leão e será recebida pela direção do Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão (IHGCL) e pelo prefeito municipal.

Os professores Jairo Humberto e Joaquim Dias falaram sobre o lançamento do livro. Segundo eles, Capão do Leão é um lugar que reflete muita história e natureza. Se há muitas pedreiras, há muitos campos que indicam o seu ecossistema pampeano.

Há, também, zonas de várzeas e alagadiças, matas, galerias e morros, denotando um certo ar que vem do Oceano à Leste e outro ar que ocorre do Sudoeste, incrementando seus duros e úmidos invernos (ás vezes). Porém, a brisa da primavera é muito agradável. “Seja bem-vindo a este cenário que serve como elemento cenográfico principal do romance.

A escritora Janice Barth, soube transmitir, com muita delicadeza, essas paisagens, as emoções que inspiram e as memórias que trazem. O livro será sucesso”, finalizaram.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome