Câmara de Canguçu aprova projeto que prevê atendimento psicológico especializado online durante a pandemia

Tribuna da Câmara de Vereadores de Canguçu (Foto: Liziane Stoelben Rodrigues/JTR)

A Câmara de Vereadores de Canguçu aprovou a mensagem legislativa 33/2020, que prevê acolhimento psicológico à população que necessitar em tempos de pandemia. O programa tem como objetivo oportunizar uma escuta qualificada que atenda quadros clínicos detectados via telefone ou plataformas online.

A iniciativa surge para atender a demanda do sistema de saúde municipal e acolher novos pacientes que possam vir a necessitar de um cuidado mental. Além disso, serão pensadas novas formas de conscientizar a comunidade sobre os procedimentos a serem tomadas em casos ainda não diagnosticados através da divulgação nos meios de comunicação.

O principal objetivo é atender pessoas que precisem de terapia, tenham dúvidas sobre os sintomas ou busquem ajuda clínica em relação aos danos e prejuízos que as doenças mentais representem à saúde. Ainda, as campanhas de divulgações nos sites oficiais e comunicação do município prestarão amparo ao esclarecerem informações sobre doenças psicossociais, desmistificando falsas ideias de preconceito envolvendo o tema.

O acompanhamento desses pacientes trará novas opções de atendimentos que poderão ser realizadas da residência do próprio paciente. Desde o começo, deverão ser pensadas diversas ações como remanejo de profissionais qualificados, elaboração de material explicativo, disponibilidade de contato direto por telefone ou plataforma online entre paciente e psicólogo e a realização de seminários e palestras sobre o tema.

Para ser lei, o projeto ainda precisa da sanção do Executivo.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome