Prefeitura de Arroio Grande estuda logística de Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19

Reunião ocorreu na manhã desta segunda-feira (18) (Foto: Victória Salomão/Prefeitura de Arroio Grande)

Na manhã de hoje (18), o prefeito Ivan Guevara avaliou a logística do plano emergencial de imunização contra Covid-19 em Arroio Grande. Ele esteve reunido com o secretário municipal de Saúde, João Carlos Caldeira, a secretária adjunta de Saúde, Bibiana Lisboa, e a responsável pelo Centro de Saúde e imunizações, Márcia Webler.

Com base nos dados do município, eles avaliaram as possíveis datas, ainda em tratativa, e o número de pessoas a serem imunizadas com a primeira dose da vacina CoronaVac, aprovada ontem (17) pela Anvisa. Eles enfatizaram a importância de se manter as medidas de controle de aglomeração e demais cuidados de prevenção contra o vírus, como uso de máscara e cuidados de higienização, uma vez que 21 novos casos foram confirmados no domingo e os números crescem no município.

De acordo com a estratégia nacional de vacinação, a população receberá a dose dividida em grupos prioritários. Receberão a dose num primeiro momento o grupo prioritário de profissionais da saúde em atenção direta a Covid-19.

Depois, serão vacinadas respectivamente pessoas de 60 anos ou mais acamadas; população indígena; população quilombola e idosos na faixa etária entre 75 e 79 anos. Após esses grupos prioritários tomarem a dose, a preferência será de pessoas com morbidades- como diabetes e hipertensão- e trabalhadores educacionais.

Após esse grupo, terão preferência pessoas com deficiência institucionalizados; população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência permanente severa, força de segurança e salvamento, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo – rodoviário e metroferroviário-, trabalhadores portuários e trabalhadores de transporte aéreo.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome