Jaguarão: Polícia Civil realiza operação na fronteira com o Uruguai

Droga, arma, dinheiro, uma motocicleta e outros materiais foram apreendidos durante a operação. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A quarta-feira (17) amanheceu com uma grande movimentação de policiais civis pela rua em Jaguarão por conta de uma grande operação policial denominada Oikos.

Na ocasião, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão preventiva. Além disso, uma pessoa foi presa em flagrante, totalizando 15 prisões até o momento. As ações ocorreram nos municípios de Jaguarão, Pelotas, Arroio Grande e Rio Grande.

A operação busca desarticular uma associação criminosa que praticava o tráfico de drogas nestes municípios. Uma família inteira foi identificada na articulação do comércio de drogas, sendo esta a razão do nome da Operação Oikos (família em grego). A associação criminosa atuava e executava seus crimes no sul do Estado. O grupo se organizava dentro de uma estrutura familiar, no qual diversos membros atuavam com funções definidas voltadas para a distribuição de drogas na região, fornecendo entorpecentes principalmente para Pelotas e Jaguarão.

As prisões cautelares foram deferidas pelo Poder Judiciário de Jaguarão, sendo demonstrado a grande movimentação de drogas, bem como o comando de dentro do sistema prisional.

Segundo a delegada Juliana Garrastazu, a ação visa combater não apenas o crime de tráfico e associação para o tráfico, mas também o enfraquecimento de grupos criminosos que atuam na fronteira do Brasil com o Uruguai. Também foram apreendidos uma motocicleta, uma arma calibre .38, balança de precisão, mais de meio quilo de maconha, cerca de R$ 6 mil em espécie e diversos celulares.

Após os procedimentos legais, os conduzidos serão encaminhados ao sistema prisional.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome