Equipe da Secretaria Municipal de Educação de Arroio Grande faz um balanço das ações em 2020

Equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Arroio Grande. Foto: Rafael Viana

O ano de 2020 foi um desafio para área educacional no município de Arroio Grande. Comum as demais áreas que envolvem a administração municipal, a pandemia também impactou as atividades escolares exigindo que os gestores se adequassem aos novos formatos para manter o contato dos alunos com o ambiente escolar.

O secretário Carlos Olívio Salaberry está à frente do trabalho há cinco anos desenvolvendo ações ao lado da equipe pedagógica, tendo sido substituído durante esse ano pelo período de seis meses pela professora Vanessa Almeida e retornando as atividades nesta reta final de gestão do prefeito Luis Henrique Pereira.

Fazendo um balanço das ações realizadas em 2020, Salaberry destaca que durante o período buscou-se alternativas junto à região para manter as ações educacionais com um trabalho forte junto aos professores.

Em um ano considerado difícil para a gestão da Secretaria, o trabalho foi voltado para as ações que minimizassem os problemas, sempre buscando se readequar ao momento. Um dos grandes desafios citados pela equipe pedagógica foi a adaptação dos professores aos novos modelos de ensino atrelados ao ambiente virtual, onde o município se adequou a plataforma de ensino Córtex. Assim, os professores foram assistidos pelo trabalho da Secretaria, sendo ofertado todo o suporte técnico para a utilização e adequação nas plataformas digitais.

Mesmo com os alunos fora da sala de aula, a Secretaria Municipal de Educação não parou, conseguindo atender 95% dos alunos e prestando assistência com a entrega de materiais pedagógicos para os alunos que não possuem acesso à internet.

Cumprindo o propósito social, as escolas também disponibilizaram para os alunos em situação de vulnerabilidade social a distribuição de kits de alimentação e sopa, como forma de não desamparar os alunos da rede escolar.

Em relação ao futuro, o desafio é minimizar as perdas pedagógicas.  Nesse sentido o secretário destaca que após a decisão do Conselho Municipal de Educação, para o ano de 2021 os alunos terão que cumprir alguns pré-requisitos do ano de 2020, sendo que não há data definida para o início do ano letivo.

Salaberry informaou ainda que não continua à frente da pasta e agradece a confiança no trabalho e a toda sua equipe que ajudou a manter o trabalho nesse ano difícil.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome