Carnaval esquenta o verão em Arroio Grande

Público pode acompanhar diversas atrações, como trios elétricos, blocos burlescos e desfile de escolas de samba. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Arroio Grande)

O Carnaval tem tudo a ver com o verão arroio-grandense. A festa popular misturada com as altas temperaturas proporcionadas pela estação mais quente do ano é a combinação perfeita para criar o clima de festa que toma conta da cidade no período que antecede o Carnaval.

Os preparativos das escolas de samba nos barracões espalhados pela cidade e os tradicionais ensaios são um espetáculo a parte como uma verdadeira prévia do que será a folia na cidade. Realizada no último dia 14 de janeiro, a Muamba Popular de Carnaval levou grande número de foliões para a rua Dr. Monteiro, que nos dias de Carnaval vira a Passarela do Samba.

No evento foi eleita a Corte do Carnaval 2024, sendo escolhidas como Rainha do Carnaval Emilly Veleda; Rainha da Diversidade Giselly Jardim; Rainha da Liga das Escolas de Samba de Arroio Grande (LESAG) Franciele Borges, Rainha da Liga dos Blocos de Arroio Grande (LIBAG) Edilaine Silva; e Rainha da Melhor Idade Eva Farias. As quatro e o Rei Momo Tuíca, serão os responsáveis por conduzir a folia em Arroio Grande.

Dentro da programação pré-Carnaval ainda está previsto o Baile dos Blocos, no sábado (27) e o Encontro de Blocos, em 3 de fevereiro. A cada ano, o município vem se destacando por manter um evento familiar e que contempla em sua programação os mais diversos públicos, sejam foliões que pulam atrás do trio, quem curte com os amigos nos blocos burlescos e aqueles que vão para prestigiar e torcer pelas escolas de samba. Esses são os ingredientes que fazem uma programação plural que é responsável por atrair um grande número de turistas ao município.

Para este ano, o Carnaval de Arroio Grande apresenta como tema: “A Nossa identidade é o nosso Patrimônio”, recorrendo às comemorações dos 150 anos de emancipação política e econômica de Arroio Grande, comemorado na edição de 2023. O tema também está ligado à contribuição dos povos originários e formadores do município, buscando a valorização da diversidade étnico-racial que compõe o arroio-grandense.

A coordenadora do Departamento de Memória do Museu Visconde de Mauá, Franciéle Soares, destaca que a proposta é pensar a identidade como maior patrimônio, com intenção de trazer à tona um patrimônio formado por bens materiais, mas também a dimensão imaterial (manifestações, celebrações, rituais, musicalidade, e demais formas de expressão). “A partir dessas noções, podemos citar o Carnaval arroio-grandense como uma importante oportunidade para pensar o tema norteador dos 151 anos do município. A maior festa popular de Arroio Grande é um elemento cultural que expressa de forma singular a identidade do nosso povo levando em consideração a mobilização social e o sentido de pertencimento que o Carnaval dá a essa comunidade e que a identifica”, disse.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome