Consulta Popular: Oportunidade para contribuir com o desenvolvimento regional

. (Foto: Daniel Batista/JTR)

Moradores da Zona Sul terão até a próxima terça-feira (30) para decidir em quais propostas serão alocados R$ 1,2 milhão destinados para a região do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Sul na Consulta Popular 2021. Realizada de forma online, a votação escolherá três dos cinco projetos, de caráter regional, que receberão R$ 400 mil cada.

Neste ano, a população teve a oportunidade de participar do processo desde as primeiras etapas. Isto foi possível pela adoção do aplicativo Colab, no qual todos poderiam efetuar a submissão de propostas. A mais curtida foi direto para a cédula de votação. Este foi o caso da praia sustentável de Turuçu, que recebeu mais votos em todo o estado.

“É a estruturação de uma praia altamente moderna, sustentável, com preservação total da mata nativa, suas águas, solo, ar e biodiversidade. Um espaço de convivência em harmonia com a natureza, em que todas as instalações serão feitas de forma sustentável como, por exemplo, fazendo o uso de energias alternativas e sistema de esgoto via biodigestores, sem agressão ao meio ambiente”, explicou o prefeito Ivan Scherdien (PP).

Segundo ele, caso a proposta seja uma das escolhidas, os recursos seriam utilizados para a elaboração do projeto, o que poderia facilitar a busca por recursos junto aos governos estadual e federal, ou parcerias público-privadas, com o intuito de tornar a praia uma realidade.

“A praia de Turuçu foi reconhecida pelo Governo do RS como de impacto e abrangência regional, pois essa será uma praia de todos. Turuçu é o único município que beira a Lagoa dos Patos e não possui hoje acesso a ela. A praia ecológica de Turuçu vai fomentar o turismo local e regional, além de movimentar a economia do município, de forma limpa e sustentável”, disse o prefeito.

Na cédula, constam ainda propostas das áreas de turismo, que conta, além da praia sustentável, com a sinalização turística regional; agricultura, com correção do solo e agroindústria familiar; e inovação, ciência e tecnologia, com o projeto cidades inteligentes: pontos públicos de internet, que foram definidos em assembleias gerais. Cada área terá um projeto eleito.

O presidente do Corede Sul, Ronaldo Maciel, conta que foram 47 propostas recebidas na região. Ele explica que os recursos de cada um dos três projetos vencedores serão destinados aos oito municípios com maior votação nas propostas. Além disso, é preciso que pelo menos 2% do total de eleitores de cada município participem do processo. No caso do projeto da praia sustentável, os R$ 400 mil seriam destinados para Turuçu.

Presidente do Corede Sul, Ronaldo Maciel explicou o processo de votação. (Foto: Daniel Batista/JTR)

Também gerente regional da Emater, Maciel destaca que caso sejam eleitos, os projetos voltados para o setor rural são importantes para dar continuidade a programas que já estão em andamento. Eles podem ser destinados via financiamento com o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (FEAPER), ou por convênio com as prefeituras. “Na agroindústria familiar são permitidos tanto obras quanto a compra de equipamentos. Na correção de solo fica muito em cima de calcário e compra de fertilizantes”, explica.

Na área do turismo, há também o projeto de sinalização turística. De acordo com o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação (Sdeti) de Pelotas, Gilmar Bazanella, o projeto de sinalização regional da Costa Doce Gaúcha impacta diretamente em todas as ações turísticas realizadas. “Essa sinalização é de suma importância, porque o espaço recebe, por vezes, visitantes que não conhecem a região e precisam se localizar. Houve um avanço na Costa Doce Gaúcha nos últimos anos, mas é necessário avançar mais. Caso sejamos contemplados, os recursos serão utilizados para fortalecer e consolidar o setor de turismo, investir em sinalização e segurança para atrair cada vez mais visitantes, gerando empregos e renda para a região”, afirma.

Para o secretário, a proposta de pontos públicos de internet também pode fomentar o turismo. “Facilita e democratiza a comunicação. Além disso, a internet faz com que as pessoas conheçam os pontos turísticos, seus detalhes e tenham vontade de conhecê-los”.
Sobre esse projeto Maciel afirma que os recursos serviriam para a implantação nos municípios que obtiverem o maior número de votos na proposta.

Engajamento para votação
Municípios da região têm se mobilizado para incentivarem a participação na Consulta, por meio de publicações em redes sociais, solução de dúvidas sobre o tema ou outras ações.
A votação ocorre de forma online, por meio do aplicativo Colab e no site consultas.colab.re/consultapopular. É necessário realizar um cadastro e informar o título de eleitor, CPF e a data de nascimento. O prazo foi iniciado na segunda-feira, e se estende até a próxima terça (30). A previsão é que os resultados sejam divulgados na quinta-feira (2).
O presidente do Corede ressalta que os municípios podem disponibilizar pontos para votação, desde que haja uma lista de presença, com dados das pessoas que realizarem o voto. Maciel concedeu entrevista ao Tradição News, que poder ser conferida acessando: https://bit.ly/311ybAX ou ao final do texto.

Saiba mais

O que é?
A Consulta Popular foi instituída em 1998, pela Lei nº 11.179, e permite que a população decida a aplicação de parte dos recursos do orçamento. Em 2021, os cidadãos puderam colaborar com propostas por meio de um aplicativo. Além disso, R$ 30 milhões serão destinados para 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Em todo o estado foram cerca de mil propostas recebidas. O Corede Sul recebeu 47, e R$ 1,2 milhão. Três propostas serão escolhidas pelos votos, com R$ 400 mil para o investimento em cada uma.

Quando votar?
De 22 a 30 de novembro.

Como votar?
Baixe o aplicativo Colab ou acesse consultapopular.rs.gov.br;
É necessário efetuar cadastro. Se já tiver, insira o e-mail e senha;
Esteja com CPF e título de eleitor em mãos;
Após inserir os dados, a cédula de votação estará disponível;
Dúvidas podem ser solucionadas na seção “Dúvidas frequentes”, ou pelo e-mail [email protected], com o assunto “Consulta Popular 2021”.

Quem pode votar?
Qualquer cidadão maior de 16 anos, com título de eleitor.

Quais são as propostas?
Praia sustentável em Turuçu;
Sinalização turística regional;
Correção do solo;
Agroindústria familiar;
Cidades Inteligentes: pontos públicos de internet.

Confira a entrevista com o presidente do Corede Sul, Ronaldo Maciel, no Programa Tradição News

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome