São Lourenço do Sul: Projeto de fundo para construção do prédio da Câmara é vetado pelo prefeito

Prefeito afirma que estes recursos são importantes para áreas prioritárias e ficariam destinados ao fundo (Foto: Decom/Divulgação)

*Com informações da Assessoria de Imprensa

O prefeito Rudinei Härter (PDT) vetou na última terça-feira (16), o projeto de iniciativa da Mesa Diretora do Legislativo para a criação de um fundo para construção de um prédio próprio da Câmara de Vereadores. A motivação é que isso impossibilitaria a destinação dos recursos a áreas prioritárias.
A proposta do projeto é para que o valor de sobras anuais da Câmara de Vereadores fosse destinado a este fundo, como uma economia para a construção do prédio. No entanto, a destinação destes valores para esta finalidade impossibilitaria, como justificou o prefeito, a devolução do duodécimo ao município para investimentos em áreas prioritárias, como saúde e educação, por exemplo.
Em 2017, esta devolução possibilitou o pagamento do 13º salário dos funcionários do Município sem empréstimo bancário, gerando economia de cerca de R$ 600 mil em juros. Em 2018, parte do valor foi destinado a Santa Casa de Misericórdia e para este ano, já há definição de destinação para a Santa Casa, para a Associação Amigos da Banda Musical Municipal Luis Carlos Colvara, para a Associação Ecológica de Recicladores de São Lourenço do Sul (Asser) e para o Festival de Inverno, realizado pela Associação Comercial e Industrial (ACI/CDL), entre outras que poderão ainda ser beneficiadas. Com a criação do fundo, isso não seria possível.
O prefeito destaca a importância da destinação destes recursos para ações que beneficiem diretamente a comunidade, especialmente neste ano, considerado o mais difícil para as prefeituras em 60 anos. Por isso, decidiu por vetar o projeto. “Com a criação deste fundo, o valor fica restrito a esta finalidade e não terá nenhum beneficiado”, explicou o prefeito, reiterando a importância de utilização destes recursos em ações que impactem positivamente para a comunidade.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome