FURG-SLS recepciona comunidade acadêmica em Acolhida Cidadã/Solidária em São Lourenço do Sul

Atividades informativas e culturais acontecem de 20 a 22 de março. (Foto: Gabriela Schmalfuss/SECOM)

O início do ano letivo é tempo de expectativa tanto para quem ingressa no ensino superior, como para quem retorna ao ambiente acadêmico depois da temporada de férias. Buscando recepcionar os calouros, veteranos, docentes e servidores da FURG, o campus São Lourenço do Sul promove nos dias 20, 21 e 22 de março a Acolhida Cidadã/Solidária referente ao primeiro semestre de 2023.

A iniciativa existe desde 2010 e, nesta edição, foi construída por meio da mobilização de estudantes, entidades sociais e acadêmicas, coordenações de cursos, direção e Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) do campus.

Além de atividades informativas, que buscarão explicar aos novos alunos sobre a estrutura e o funcionamento da FURG São Lourenço do Sul (FURG-SLS), a programação conta com intensa agenda cultural, com saraus, oficinas, roda de capoeira, café da tarde coletivo e mutirão de limpeza do Arroio São Lourenço.

Também integram a programação da Acolhida Cidadã/Solidária a exposição permanente “Até que a morte nos separe” da artista visual Graça Craidy, que denuncia a violência contra as mulheres dentro de relacionamentos amorosos; e uma ação de troca de livros, onde cada pessoa pode deixar uma obra literária e levar outra de seu interesse.

Novos estudantes

Para a equipe da Prae-SLS, a Acolhida Cidadã/Solidária se constitui de uma importante etapa no processo de início à vida universitária. Neste semestre, 79 pessoas foram aprovadas nos processos seletivos da universidade para ingresso nos cinco cursos de graduação oferecidos pelo campus São Lourenço do Sul, sendo estes Agroecologia, Educação do Campo, Gestão Ambiental, Gestão de Cooperativas e Letras.

Coordenadora da Prae-SLS, Luciana Vargas afirma que o objetivo é recepcionar e integrar todas as pessoas envolvidas com o campus por meio de ações solidárias e respeitosas à dignidade e à boa convivência nos espaços sociais, dentro e fora do ambiente universitário. “Todo o trabalho desenvolvido se dá em oposição ao trote universitário violento e, para além de proibi-lo, visa fortalecer o espírito de uma receptividade afetuosa em prol da integração na universidade. A cada semestre letivo essa ação é realizada para estimular a proposta”, ressalta.

Já a docente e vice-diretora da FURG-SLS, Carmem Porto, destaca que a Acolhida Cidadã/Solidária é uma etapa fundamental para dar boas-vindas aos ingressantes, além de fortalecer os laços entre a comunidade acadêmica. “É um momento importante de motivação, de encontros e reencontros, e de esperança”.

Confira a programação completa nas imagens abaixo:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome