Rio Grande recebe título de Capital Nacional das Águas

De acordo com o proponente, deputado federal Alceu Moreira (MDB), objetivo é valorizar o potencial turístico e as belezas naturais do município para todo o país e o mundo. (Foto: Reprodução/Prefeitura Municipal do Rio Grande)

O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), sancionou na terça-feira (5) a Lei nº 14.746/2023, que confere à cidade do Rio Grande o título de Capital Nacional das Águas.

O reconhecimento partiu do deputado federal Alceu Moreira (MDB), autor do Projeto de Lei nº 1199/2022, que já havia sido aprovado nos plenários da Câmara Federal e do Senado. A intenção, de acordo com o parlamentar, é valorizar o potencial turístico e as belezas naturais do município para todo o país e o mundo.

“Rio Grande tem o mar no seu DNA, desde a pesca artesanal ao Porto, que movimenta não apenas a economia local como corresponde a mais de 30% de toda a exportação do nosso estado. É a terra da Praia do Cassino, dos Molhes da Barra, das saudosas ilhas dos Marinheiros e da Torotama e de um berço que resguarda grande parte da história gaúcha”, afirma o deputado.

Na avaliação da secretária municipal de Desenvolvimento, Inovação e Turismo, Lu Compiani, a legislação representa um importante estímulo para que o prefeito Fábio Branco (MDB), em conjunto com o setor produtivo, potencialize projetos e atividades para o turismo local, gerando mais empregos e renda. Quando vereadora, Lu já havia levada a proposta à Câmara de Vereadores em 2022.

“É um título que nos dará a referência nacional e internacional diante do cenário da economia azul, e também ao trabalho que estamos prospectando para a cidade na área do turismo”, avalia a secretária.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome