Safra 2022/2023 do arroz teve produção de 7,2 milhões de toneladas

Divulgação ocorreu no auditório da sede do Irga. (Foto: Fernanda Pinheiro/Irga)

O Instituto Rio Grandense do Arroz apresentou na manhã de quarta-feira (26) os dados sobre a safra de arroz 2022/2023. No estado, a produção foi de 7.239.985 toneladas e produtividade de 8,79 t/ha em área semeada de 839.972 hectares.

Essa é a segunda maior produtividade já alcançada pelo arroz gaúcho, sendo superada apenas pela safra 2020/2021, que atingiu 9,01 t/ha. As cultivares Irga foram as mais utilizadas. No ranking, a IRGA 424 RI representou 54,3% do total e a IRGA 431 CL ficou em terceiro, com 9,2%. No geral, as cultivares IRGA somadas alcançaram 64,5% do total (além da 424 RI e 431 CL, aparecem no levantamento as cultivares BR-IRGA 409, IRGA 417, IRGA 424, IRGA 426 CL e IRGA 428).

A autarquia também divulgou dados sobre soja e milho em áreas de arroz. Nesta safra, a soja atingiu 506 mil hectares de produção, a maior marca já registrada em 14 anos de levantamento. A produtividade ficou em 2,58 toneladas por hectare no RS.

O milho em terras baixas alcançou produção de 71.998 toneladas e produtividade de 6,51 ton/ha nesta safra. Essa é a primeira vez que o milho aparece no levantamento final da autarquia.

Participaram da apresentação o presidente do Irga, Rodrigo Machado; a diretora técnica, Flávia Tomita; o diretor administrativo, Cláudio Cava; o diretor comercial, Ailton Machado; o produtor rural e conselheiro fiscal da Federarroz Volzear Longaray Júnior; e a meteorologista e consultora do instituto Jossana Cera. A apresentação ocorreu no auditório da sede administrativa da entidade.

Confira os dados detalhados

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome