BAT Brasil reforça a importância da análise de solo

Para a análise de solo, amostras são retiradas de dentro da lavoura. (Foto: Gelson Pereira)

Nos últimos anos, a BAT Brasil vem reforçado, junto aos produtores integrados, a importância do bom manejo e conservação do solo. Somente em 2023, foram 80 treinamentos sobre o assunto, com público de mais de 1,3 mil produtores e produtoras. O manejo de solo é uma etapa fundamental para o sucesso da safra e para o produtor obter maior produtividade, além de estar alinhado com a agenda de ESG, pois fortalece a sustentabilidade das propriedades. Esta etapa de manejo é importante para que o produtor possa proceder com o uso racional de corretivos e fertilizantes, além de conservar e aperfeiçoar a condição do solo através de uma série de práticas que visam aumentar a produtividade da lavoura e melhorar ainda mais a qualidade do tabaco.

De acordo com a área de Difusão de Tecnologias da BAT Brasil, para que o produtor tenha maior probabilidade de sucesso, ele precisa aplicar todas as etapas básicas do manejo de solo: a primeira fase é a análise, momento em que se coleta amostras de solo conforme a característica de cada parte da lavoura, para que se possa ter o diagnóstico correto, um verdadeiro raio X. A partir disso, é possível fazer uma interpretação da análise para saber se é necessário fazer alguma correção.

Arcênio faz a interpretação dos dados com a Área de Difusão de Tecnologias. (Foto: Gelson Pereira)

As próximas etapas são: escarificação cruzada, essencial para promover a descompactação do solo e garantir condições adequadas para um melhor desenvolvimento da lavoura. Logo após, o produtor integrado pode proceder com a confecção do Camalhão Alto de Base Larga com o Arado Aleirador Borboleta e o plantio da adubação verde, para uso como palhada. Esta tecnologia é uma prática conservacionista que melhora a aeração e a estrutura do solo, protegendo dos impactos da chuva e radiação solar, assim como reduzir a erosão e incidência de doenças.

Iniciativa
Para a safra que está iniciando, a BAT Brasil reforça a importância e os benefícios de possuir análise de solo na área cultivada. Por isso, os agricultores integrados que não realizaram análise nos últimos 3 anos, podem procurar seus orientadores agrícolas para buscar informações de como proceder. “Com essa iniciativa a BAT quer, como em todas as ações junto aos produtores, reforçar a sustentabilidade das propriedades, melhorando a rentabilidade e qualidade de vida no campo”, destaca a área Difusão de Tecnologias da BAT Brasil.

Investimento
O produtor integrado da BAT Brasil, Arcênio José Hoff, realiza a análise de solo de dois em dois anos, dessa forma, sabe exatamente as necessidades das lavouras. Juntamente com a esposa, Gladis Nair Soder Hoff, do filho Rafael Hoff e da nora Luana Roehrs, produz 150 mil pés de tabaco Virgínia na propriedade localizada em Vila Progresso, em Vera Cruz (RS).

Arcênio acredita que é um erro não realizar a análise de solo, principalmente, em anos de muita chuva. “É muito importante ver o que a terra precisa, pois não é despesa colocar cama de aviário ou calcário, é investimento no solo para produzir mais e com melhor qualidade”, enfatiza.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome