Concurso Público Nacional Unificado é adiado

Pedido foi articulado pelo deputado federal Daniel Trzeciak (PSDB) e da Bancada Gaúcha. (Foto: Divulgação)

O governo Federal de adiar a aplicação das provas do Concurso Público Nacional Unificado no próximo domingo (5), em todo o Brasil. O pedido havia sido protocolado pelo deputado federal Daniel Trzeciak (PSDB) no Ministério da Gestão e da Inovação no Serviço Público, em função do estado de calamidade pública decretado no Rio Grande do Sul, atingido por enchentes históricas.

O anúncio de adiamento foi feito na tarde desta sexta-feira (3) e uma nova data será marcada. Mais de 80 mil gaúchos estão inscritos para participar do processo e seriam seriamente prejudicados caso as provas fossem mantidas, justificou Trzeciak, que pela manhã participou, ao lado de outros deputados, de uma reunião com o ministro da Secretaria de Comunicação, Paulo Pimenta, para discutir o assunto.

Mesmo com todo o suporte, seria impossível para aqueles que vivem nos municípios destruídos pelas enchentes se deslocar aos locais de aplicação do exame, assim como não teriam condições emocionais de se concentrar frente às perdas que tiveram, completou o parlamentar, que oficiou na quinta-feira a ministra de Gestão e da Inovação no Serviço Público, Esther Dweck.

Em Porto Alegre, por exemplo, um dos locais do Concurso Público Nacional Unificado, o rio Guaíba começou a invadir o centro da cidade na manhã de sexta-feira, na maior marca desde a enchente de 1941.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome