Shopping Pelotas participa de conscientização mundial pela Hora do Planeta

Empreendimento manteve as luzes da fachada parcialmente apagadas das 20h30 às 21h30. (Foto: Divulgação)

As perdas e danos causados pelas alterações climáticas já apontam para o aumento da temperatura média mundial em 1,1 grau Celsius acima dos níveis pré-industriais, segundo o Relatório Síntese sobre Mudança Climática 2023 do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Foi pensando nisso, que o Shopping Pelotas aderiu ao movimento internacional “Hora do Planeta”, participando do “apagão” mundial promovido pela organização ambientalista WWF no último sábado (25).

Das 20h30 às 21h30, as luzes da fachada do empreendimento foram parcialmente desligadas, integrando uma rede de empresas, prédios públicos, monumentos e residências de aproximadamente 137 países para contribuir com o Banco de Horas do Planeta. A proposta da WWF neste ano era acumular 60.000 horas, o equivalente a sete anos de ação, para auxiliar na conscientização e manutenção dos gastos energéticos a fim de impulsionar dados positivos para a natureza e para as populações até 2030.

“As nossas ações de responsabilidade ambiental já nos renderam a chancela da COMERC Energia, certificação internacional de sustentabilidade. Diariamente seguimos aderindo e promovendo iniciativas que alertam para a importância de colaborarmos com um futuro mais sustentável do planeta pensando também nas gerações futuras” destaca a Coordenadora de Marketing do Shopping Pelotas, Michelle Flores.

Sobre a Hora do Planeta 
A Hora do Planeta foi criada em 2007 em Sydney, na Austrália, e faz parte das ações da WWF para conscientizar indivíduos, empresas e poder público a respeito dos desafios socioambientais da atualidade, como a emergência climática e a perda da biodiversidade.

O evento consta no calendário dos brasileiros desde 2009, e em 2023 contou com cerca de 400 eventos locais distribuídos entre o tradicional apagão, atividades de reciclagem, ou até mesmo conhecer mais sobre os projetos de proteção ambiental através de podcasts em 60 minutos de ação, que ocorreu simultaneamente e de acordo com o fuso horário de cada região.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome