Mais 4 dicas para cuidar bem do carro no inverno

5. OS PNEUS
Temperaturas mais baixas tornam o ar mais denso, o que diminui a pressão no interior dos pneus. Pneus mais vazios entram em maior contato com o asfalto, o que aumenta tanto o desgaste quanto o consumo de combustível.

Então é recomendado que a pressão dos pneus seja verificada de forma preventiva, ao menos, uma vez por semana – confira em sua cópia do manual quais são os valores indicados para a correta calibragem.

No frio, também é comum lidar com chuvas, neblina e até pequenos cristais de gelo na pista, em casos mais extremos. Essas condições dificultam a dirigibilidade, portanto pneus bem calibrados facilitam a vida do motorista – embora o ar se condense no interior do pneu, sua capacidade não é alterada no frio, então calibre normalmente.

6. LIGUE O AR-CONDICIONADO!
A manutenção do ar condicionado durante o inverno é mais barata do que em períodos quentes, por isso aproveite a época para trocar os filtros e fazer uma revisão geral.
Além disso, também é indicado ligar o ar durante alguns minutos na semana para evitar o ressecamento de componentes do sistema. Dessa forma, você previne vazamentos e mau funcionamento do aparelho por conta de rachaduras ou quebras.

7. VERIFIQUE SE AS MANGUEIRAS ESTÃO EM BOAS CONDIÇÕES
O frio também pode ressecar as demais mangueiras que fazem parte do seu automóvel. Então fique de olho principalmente nas que estão no motor.

O mesmo cuidado vale para as correias, que uma vez danificadas, não conseguem resistir às temperaturas mais baixas e além de ressecar mais facilmente, podem se romper.
Nesse momento, uma manutenção preventiva pode ser o mais indicado – além das mangueiras, o veículo terá sua saúde analisada como um todo.

8. A PINTURA DO AUTOMÓVEL
Dias com temperaturas mais baixas podem aumentar os danos sofridos à pintura do seu automóvel. Esses riscos são ainda maiores em dias que ocorrem geadas.

As camadas de gelo que podem se formar sobre o veículo tendem a riscar e danificar a lataria do seu carro, principalmente se não forem retiradas da maneira correta.
Nada de esfregar ou usar qualquer objeto: basta jogar água sobre o gelo, e não vai acontecer nenhum dano à cor do seu veículo.

9. ÓLEO E FILTROS DE ÓLEO
O óleo é indispensável para o bom funcionamento do motor. Por isso, você precisa redobrar a atenção sobre esse item em temperaturas mais baixas, que exigem mais do seu automóvel.

Então, acompanhe com cuidado as recomendações do fabricante sobre a data de validade, e sobre o tipo de óleo que deve ser utilizado em seu carro – durante o frio, funcionam melhor aqueles menos viscosos, por contribuírem com uma melhor lubrificação após a partida.

E claro, não deixe de acompanhar o estado dos filtros de óleo, que vão garantir a pureza e melhor desempenho dentro do motor.

10. LUZES DE NEBLINA
Durante o inverno, as noites costumam ser mais longas, e como já dissemos anteriormente, a questão da visibilidade é ainda mais importante.

Portanto, tenha certeza de que todas as luzes do seu carro estão em bom estado e funcionando corretamente: luzes traseiras, luzes de freio, faróis, lâmpadas de sinalização e luzes de condução. Lembrando que, nessas condições, os faróis de neblina não interferem na visibilidade de outros motoristas.

Com todas essas dicas, você dificilmente vai levar um gelo do seu carro quando mais precisar dele no inverno.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome