Dicas para evitar acidentes

Conversão à esquerda
Risco: colisão lateral ou frontal
O que fazer: Tente prestar atenção quando você passar pelo próximo cruzamento em que um carro vai virar à esquerda. Provavelmente o motorista vai girar o volante antes de atravessar o sentido oposto – e vai estar com uma das mãos por dentro do aro. Dois erros perigosos!
Se um distraído não ver esse carro e bater em sua traseira, com os pneus desalinhados ele fatalmente vai invadir o sentido contrário, correndo o risco de ser atingido por outro veículo. “E esse mesmo impacto pode machucar os dedos e o pulso do motorista, se sua mão estiver por dentro do volante”.

Motos ao redor
Risco: colisão lateral
O que fazer: Quanto mais crescem os congestionamentos urbanos, mais motocicletas aparecem nas cidades – e também aumenta o número de acidentes e vítimas. Um recurso para evitar problemas é nunca se esquecer de usar a seta ao mudar de direção e regular os espelhos externos corretamente – quanto mais aberto, maior o campo de visão.
Para você ter certeza de que não há uma moto ou qualquer outro veículo no ponto cego, antes de mudar de faixa ou quando estiver em velocidade constante há algum tempo, alivie ou aumente levemente a pressão sobre o acelerador. Essa pequena variação é suficiente para alterar o ponto de vista e mudar o ponto cego.

Estacionamento a 90 graus
Risco: colisão lateral e atropelamentos
O que fazer: Em estacionamentos de shoppings, supermercados ou condomínios, é mais seguro deixar o carro de ré, em vez de entrar na vaga de frente. Dá um pouco mais de trabalho quando você chega, mas facilita sua vida depois: ao sair de uma vaga de ré, você precisa expor quase dois terços do carro no caminho dos demais veículos. Se você já está de frente, terá melhor visibilidade e só vai acelerar quando não houver ninguém no seu caminho. Não está convencido? O próximo argumento vai fazer você pensar de novo: o risco de atropelar uma criança encoberta pela traseira do carro. Nos Estados Unidos, esse tipo de acidente provoca quase 300 mortes por ano.

Acompanhe o último artigo sobre como evitar acidentes na próxima edição.

Fonte: Quatro Rodas

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome