Executivo e Emater buscam alternativas para combater estiagem em Pinheiro Machado

A criação do projeto piloto, que deverá ser implantado no município, foi um dos temas discutidos. (Foto: Divulgação)

O município de Pinheiro Machado promoveu, na quinta-feira (9), um encontro para tratar sobre a situação da estiagem que se prolonga e traz prejuízos preocupa a população em geral. Na ocasião, estiveram presentes o coordenador da Defesa Civil e vice-prefeito de Pinheiro Machado, Rogério Moura (PSB), o prefeito, Ronaldo Madruga (Progressistas), a extensionista da Emater Pinheiro Machado Elizabeta Neitzke, o representante da secretaria de Agropecuária, o médico veterinário, Édson Hélio Farias e o servidor público Émerson Souza Pontes.

A criação do projeto piloto, que deverá ser implantado no Município, foi um dos temas discutidos visando à preservação em diversas propriedades no interior de estoques de água no inverno para utilização no verão.

Segundo o prefeito, a ideia inicial é que a Emater Municipal providencie estudos das zonas mais vulneráveis no município para a implantação do Projeto.

Moura explicou que no período de dezembro a março deste ano já foram feitos mais de 600 poços e limpezas de bebedouros, o efeito deste serviço será maior nos anos seguintes.

“Acreditamos que em caso de estiagem nos próximos anos, os produtores rurais estarão com suas propriedades estruturadas para enfrentar o período seco. Recebemos relatos de diversos moradores satisfeitos com os serviços que estão sendo feitos”.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome