Pinheiro Machado: Professores do Colégio Estadual General Hipólito Ribeiro participam de formação docente pedagógica

Capacitação contou com a presença da equipe diretiva e de professores da instituição de ensino. (Foto: Divulgação)

Na segunda-feira (14), os professores do Colégio Estadual General Hipólito Ribeiro participaram da Formação Docente Pedagógica, juntamente com a equipe diretiva. 

Durante a manhã, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) promoveu a formação online. No turno da tarde foi realizada a acolhida dos professores no Salão de Atos do colégio. Os docentes foram recebidos com canções motivadoras interpretadas pelos alunos estudantes do Ensino Médio, Raquel, Lucas, Gustavo e Larissa. 

Na ocasião, os professores também assistiram palestras e orientações pedagógicas referentes a formação promovida pela Seduc. O ano letivo com os alunos iniciará de maneira presencial no dia 21 de fevereiro. 

Na terça-feira (15), a formação docente pedagógica teve continuação no turno da manhã. Durante a tarde os docentes participaram da Formação sobre as Gerações Cognitivas e Inteligência Emocional, em palestra proferida pelo diretor Sandro Flores da Rosa. Logo após, foi realizada a reunião com professores de Língua Portuguesa e Matemática para alinhamentos do período de sondagem, orientações sobre ANAP (Aprovado com Necessidade de Apoio) e avaliação diagnóstica com as coordenadoras Sônia Faria e Débora Alves.

A direção do Colégio ressaltou ao grupo “a necessidade de que no colégio haja uma educação mais humanizada e empática, para que uma nova escola comece a ser desenhada a partir das novas concepções e das mudanças curriculares que estão chegando”.

Sistema de monitoramento 

Além das reformas e benfeitorias previstas para o primeiro semestre de 2022, também será implantado um sistema moderno de monitoramento da área interna e externa do colégio. Serão 16 câmeras dispostas em pontos distintos do colégio e interligadas em rede a um computador central da escola e celulares da equipe diretiva e pedagógica. 

O investimento trará mais segurança para os cerca de 800 alunos que frequentam as dependências do colégio. Também vai servir para monitorar possíveis depredações e vandalismos que acontecem no entorno do educandário.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome