Pelotas chega ao 100º drive-thru de vacinação

Prefeita Paula Mascarenhas acompanhou a ação desta quarta-feira, destinada à imunização de jovens com 21 anos ou mais (Foto: Gustavo Vara)

Seis meses depois da primeira ação de vacinação pelo sistema drive-thru, no dia (13) de fevereiro, no Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), Pelotas registra, nesta quarta-feira (18), o centésimo drive-thru de vacinação contra a Covid-19 no Centro de Eventos.

A data simbólica de mobilização conjunta para a imunização dos pelotenses foi marcada por muitos agradecimentos, a profissionais e voluntários, pela prefeita Paula Mascarenhas e pelo vice-prefeito Idemar Barz, que acompanharam as atividades durante a manhã.

Antes de começar a aplicação da vacina nos jovens de 21 anos, a prefeita enalteceu o esforço e a dedicação de todos que contribuíram para o sucesso da vacinação no Município. Desde os servidores públicos das secretarias de Saúde, de Transporte e Trânsito, com os agentes de Trânsito, de Segurança, com a Guarda Municipal, de Assistência Social, até muitos outros, além das parcerias com a Brigada Militar, o Exército, as universidades, as escolas de Enfermagem, o IFSul, onde tudo começou, e voluntários.

“Se, hoje, Pelotas está entre as cidades que tem uma das melhores estruturas de imunização, é porque nós tivemos a doação de vocês, que assumiram esse papel nessa luta que é histórica e humanitária. Vocês compreenderam esse chamado profissional, escolhendo se doar ao próximo. A minha gratidão a todos vocês será eterna. Vamos vencer juntos essa pandemia. Muito, muito obrigada!”, agradeceu a prefeita.

A secretária de Saúde, Roberta Paganini, também ressaltou que todo esse resultado, extremamente positivo, é fruto de um trabalho de construção coletiva. “A cada ação de vacinação, teve um grupo que discutiu como seria feita: qual o documento, o modelo de atestado, o tamanho do público, e essa discussão sempre envolveu diversas instituições, um pensar coletivo e uma execução coletiva, com a contribuição de todos”, detalhou.

Estrutura
Para uma das coordenadoras do drive-thru, Marilus Fonseca, os desafios foram sendo superados a cada edição e a mobilização foi ampliada. Hoje, são cerca de 140 pessoas envolvidas, entre voluntários e servidores, sete pistas/mesas de vacinação, com uma média de dez pessoas em cada espaço, além dos que atuam na organização e cadastro. “O drive chega à centésima edição e se tornou essa referência pela empatia e pela dedicação de todos que estão e que já passaram por aqui. É muita gratidão”, ressaltou.

O drive-thru para vacinadores e vacinados
Na data que também marca o Dia do Estagiário, a estudante de Enfermagem, Sabrina Lopes da Costa, que estagia há três meses na UBS Santa Terezinha, destacou a importância do drive-thru para ela.  “Isso fortalece a nossa esperança que vamos vencer essa pandemia. Estar aqui, para mim que amo a Enfermagem, amo cuidar de pessoas e acompanho desde os idosos até hoje com os jovens, é uma satisfação enorme”, disse Sabrina.

Dedicado ao público de 21 anos ou mais, o drive-thru 100 foi bastante movimentado desde as primeiras horas da manhã. Nem a chuva intimidou o jovem Gustavo de Azevedo Lüdtke, que foi o primeiro vacinado do dia. “Estou muito feliz que chegou a minha vez. Agora, mesmo que demore mais um pouco, até todos estarem com a segunda dose, eu imagino que daqui para a frente possamos começar a voltar à normalidade”, comemorou.

Vacinados nesta quarta-feira
Até as 13h30min, no drive-thru do Centro de Eventos, 880 jovens já haviam recebido a primeira dose da vacina. Nos bairros, XXX pessoas tomaram a segunda dose e completaram o esquema vacinal contra o coronavírus.

Programação para os próximos dias
Drive-thru – Centro de Eventos das 9h às 17h
Sexta-feira (20) – 2ª dose – pessoas de 18 a 59 anos, com comorbidades, conforme o Plano Estadual de Vacinação, que receberam a primeira dose da AstraZeneca nos dias 19 e 20 de maio, e outros que tenham tomado a primeira dose da AstraZeneca nessas datas

Bairros – das 10h às 15h
Quinta-feira (19) – 2ª dose – pessoas de 30 a 59 anos, com comorbidades, conforme o Plano Estadual de Vacinação, que receberam a primeira dose da AstraZeneca no dia 19 de maio, e para o público que tenha tomado a primeira dose da AstraZeneca nessa data
Sexta-feira (20) – 1ª dose para pessoas com 22 anos ou mais
No Serviço de Assistência Especializada (SAE) – rua Almirante Guilhobel, 221, Fragata, das 9 às 17h
Quinta-feira (19) – 2ª dose – pessoas com HIV e Aids, com idades entre 18 e 59 anos, que receberam a primeira dose nos dias 17 e 18 de maio

Documentação para 1ª dose
Documento de Identidade
Comprovante de residência ou declaração de moradia assinada pelo proprietário
Cartão SUS ou CPF

Documentação Para 2ª dose
Carteira de Vacinação para comprovar a 1ª dose
Documento de identidade

Endereços dos pontos de vacinação nos bairros
Pelotas Parque Tecnológico – avenida Domingos de Almeida, 1.785 – Areal
Colégio Pelotense – Ginásio, entrada pela avenida Bento Gonçalves – Centro
União Gaúcha – avenida Engenheiro Ildefonso Simões Lopes, 531 – Cohab Tablada
CTG Os Farrapos – rua Raul Pompeia, 1.400 – Santa Terezinha
Associação Rural – Casa da Amizade, avenida Fernando Osório, 1.754 – Três Vendas
Comunidade Católica Nossa Senhora de Lourdes – salão da igreja, avenida Amazonas, 515 – Balneário dos Prazeres
Paróquia São José, na avenida Duque de Caxias, 520, no Fragata

SMS alerta
A Secretaria Municipal de Saúde informa que é preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação da vacina contra a Covid-19 e qualquer outra do esquema vacinal, incluindo a que protege da gripe, para garantir a imunização correta.
Além disso, as pessoas que apresentarem sintomas gripais não devem comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É preciso aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome