Pelotas: 9ª Quinzena do Pêssego será de 25 de novembro a 9 de dezembro

Feira Municipal do Pêssego funcionará para comercialização direta do produto ao consumidor em bancas instaladas no Centro e em bairros. (Foto: Michel Corvello)

A 9ª Quinzena do Pêssego em Pelotas está confirmada para o período de 25 de novembro a 9 de dezembro, com atividades voltadas à valorização da cultura e à divulgação da tradicional produção da fruta nos pomares da zona rural. Simultaneamente, será desenvolvida a Feira Municipal do Pêssego, para comercialização direta do produtor ao consumidor em bancas instaladas no Centro e em bairros.

“Para lembrar, a Quinzena do Pêssego foi criada em 2014 pelo Gabinete da vice-prefeita, na época, Paula Mascarenhas (PSDB). Ano a ano, a iniciativa foi se fortalecendo, com o objetivo de, cada vez mais, valorizar a cultura que tanto projeta Pelotas no Estado, no país e internacionalmente. No período de Quinzena, merendeiras de escolas mobilizam-se para incluir o pêssego nos cardápios, assim como restaurantes parceiros, que promovem a tradicional fruta incluindo-a em receitas especiais. Além disso, para incentivar e prestar reconhecimento à importância do produtor, promovemos a Feira Municipal, com venda direta in natura e de derivados, como suco, geleia, pessegada, doces e outros, feitos à moda colonial”, comenta o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Rural, Idemar Barz (PSDB).

Saiba o que está programado

De 25 de novembro a 9 de dezembro – 9ª Quinzena do Pêssego;

Dia 4 de novembro – às 10h, no Salão Nobre da Prefeitura – lançamento da abertura da colheita e apresentação das vestimentas da Corte do Pêssego – rainha Jordana Kickhofel da Silva e princesa Bruna Chagas Félix;

Dia 25 de novembro – às 10h, lançamento oficial da Quinzena, no Largo do Mercado, com início da Feira Municipal do Pêssego, que se estenderá de 25 de novembro a 9 de dezembro;

Dia 4 de dezembro – abertura oficial da colheita – em propriedade produtora, na Vila Nova, 7º distrito/Quilombo, com acesso liberado ao público,a partir das 10h, e diversas atrações. Às 16h, está programado o pronunciamento de autoridades.

Produção na zona rural

A zona rural de Pelotas, segundo o Levantamento Sistemático de Produção Agrícola do Município, realizado pelo Instituto Brasileiro de geografia e Estatística (IBGE), conta com área de 2.850 hectares de produção de pêssego, que resulta em cerca de 28.500 toneladas. Além dessa, há mais 150 hectares irrigados, com produção estimada em 3 mil toneladas.

A cultura do pêssego envolve 605 famílias. A expectativa de colheita, neste ano, não foi divulgada pelo IBGE, devido à previsão de perdas, principalmente, atribuída a fatores climáticos, como excesso de chuvas.

Organização da Quinzena

A Quinzena do Pêssego é programada pelo Município, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, e pela Emater. A organização conta com apoio e participação da Embrapa, do Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Pelotas, da Associação de Produtores de Pêssego da Região de Pelotas, do Sindicato da Indústria de Doces e Conservas Alimentícias de Pelotas e da Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul.

Pelotas é o maior produtor de pêssego para indústria no país. A zona rural do Município fornece a fruta para industrialização de 30 milhões de latas de compota por safra, para consumo no âmbito nacional e exportação. Além do pêssego para indústria, há diversas variedades de mesa.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome