Ecosul auxilia prefeitura de Pelotas no reparo de asfalto de avenidas

Duas equipes foram designadas para atuar de forma estratégica. (Foto: Divulgação)

Em meio aos desafios enfrentados pelo Rio Grande do Sul, a iniciativa privada surge como uma importante aliada para auxiliar as autoridades locais a enfrentarem os problemas emergenciais. Um exemplo dessa colaboração é a ação da Ecosul, empresa do grupo EcoRodovias, que mobilizou suas equipes de engenharia para prestar suporte direto à Prefeitura de Pelotas no reparo de asfalto de avenidas da cidade.

Duas equipes foram designadas para atuar de forma estratégica. A primeira delas iniciou suas operações às 8h desta quarta-feira (15), na Avenida Adolfo Fetter, em direção à Praia do Laranjal. Equipado com mini fresa e mini rolo compactador, o time da Ecosul concentrou esforços em reparos mais abrangentes, com a retirada do asfalto da pista para colocação de uma nova massa asfáltica, a partir da ponte do Arroio Pelotas em direção ao bairro, nos dois sentidos da via em locais específicos indicados pela Prefeitura.

A segunda equipe, especializada em tapa-buraco, realizou intervenções rápidas e emergenciais na Avenida Ferreira Viana, após o Foro. A parceria da Secretaria de Obras do município com a Ecosul visa reparar os pontos críticos identificados pela Prefeitura nas avenidas, garantindo o conserto rápido para viabilizar a fluidez do tráfego em uma região vital para a mobilidade urbana.

Segundo o Gerente de Engenharia da Ecosul, Miquéias Neuenfeld, a concessionária – entendendo que a Prefeitura precisa dar prioridade ao resgate e ao apoio a famílias e às áreas mais necessitadas -, cedeu equipe, maquinário e material de pavimentação. “Com apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), trouxemos a atuação diária da rodovia para dentro da cidade”, destacou. Além do apoio no reparo das avenidas, a Ecosul também doou 18 cargas de brita para a Usina de Asfalto da Prefeitura, que estava desabastecida do material, possibilitando assim a reativação da estrutura.

Para o Secretário de Obras de Pelotas, Giovan Peres Pereira, a importância da iniciativa privada em momentos como este não pode ser subestimada. Enquanto o poder público enfrenta inúmeros desafios, a colaboração de empresas como a Ecosul traz agilidade e eficiência para as ações de reparo e de manutenção da infraestrutura urbana. “Passados dois dias do momento extremo que tivemos, já estamos contando com a parceria da Ecosul. Queremos que essa atitude inspire outros empresários, ajudando a dar um retorno mais imediato para a população”, defendeu.

Frentes de ação

A Ecosul está mobilizada para minimizar os impactos das cheias que assolam os gaúchos. Nas rodovias, alinhada com a ANTT, a Ecosul está isentando o pagamento de pedágio os usuários que estão trabalhando na missão de apoio às vítimas das enchentes. Basta fazer a solicitação prévia para a Ouvidoria pelos canais disponibilizados, que o atendimento está sendo prioritário.

A empresa já fez também a doação de R$ 400 mil para serem utilizados no acolhimento das vítimas ou outras ações relativas às enchentes, conforme prioridade dos órgãos públicos. Entre os valores, foram destinados R$ 150 mil para o Governo do RS, outros R$ 150 mil para a Prefeitura de Pelotas e mais R$ 100 mil para a Prefeitura de São Lourenço do Sul.

E além de colocar equipes, maquinários, frota e socorro médico à disposição das autoridades regionais para auxílio nas áreas de risco, a Ecosul segue com a campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, água mineral, produtos de higiene e de limpeza nos pontos de coleta disponibilizados nos SAUs, localizados nas BR-116 e BR-392.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome