Sistemas de Justiça e de Assistência Social realizam mutirão no abrigo do CaVG-IFSul em Pelotas

O mutirão ofereceu serviços para as 43 pessoas que habitam o abrigo, com atendimentos da Justiça Estadual, Defensoria Pública Estadual, Defensoria Pública da União, Universidade Federal de Pelotas e CEEE Equatorial. (Foto: Divulgação)

A tarde desta sexta-feira (7) foi de mutirão de atendimento dos sistemas de justiça e de assistência social para pessoas alojadas no abrigo do Instituto Federal Sul-Rio-grandense (IFSul) Campus Visconde da Graça (CaVG), em Pelotas.

Com suas casas ainda inundadas, o mutirão ofereceu serviços para as 43 pessoas que habitam o abrigo, com atendimentos da Justiça Estadual, Defensoria Pública Estadual, Defensoria Pública da União, Universidade Federal de Pelotas e CEEE Equatorial.

O mutirão também contou com o serviço dos Cartórios de Registro Civil, que entregaram certidões de nascimento e casamento aos residentes no abrigo e ainda colheram novos pedidos desses documentos.

O mutirão também contou com o serviço dos Cartórios de Registro Civil. (Foto: Divulgação)

Círculo de Construção de Paz 

Este mutirão também contou com círculos de construção de paz, oportunidade para a comunidade falar de suas dores e fonte de fortalecimento do espírito de comunidade para a necessária reconstrução, em uma parceria da Secretaria Municipal de Educação e do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Pelotas.

O círculo de construção de paz fortaleceu os vínculos e ofereceu cuidado, acolhimento e fortalecimento aos abrigados. (Foto: Divulgação)

Serviço

A proposta das Instituições organizadoras do Mutirão é de visitar todos os abrigos, levando documentos e cidadania às pessoas que estão desalojadas em decorrência das cheias que assolam o RS.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome