Pelotas: Paula acompanha cadastro presencial para Auxílio Reconstrução

Prefeitura disponibiliza atendimento até quarta-feira (29) no auditório do Colégio Pelotense das 8h às 17h. Sistema online se mostrou eficaz com alta procura. (Foto: Rodrigo Chagas)

A Prefeitura de Pelotas iniciou o cadastramento presencial para o Auxílio Reconstrução nesta segunda-feira (27), com atendimentos no auditório do Colégio Municipal Pelotense das 8h às 17h. A prefeita Paula Mascarenhas esteve no local nesta manhã.

“Viemos verificar o serviço de cadastramento que está sendo prestado aqui no auditório do Colégio Pelotense. Imaginamos que poderia haver muita gente e, felizmente, não está tendo tanta procura pelo atendimento presencial, o que mostra que o processo online deu certo e funcionou bem. De qualquer forma, é importante dizer que nossas equipes seguirão aqui, até quarta-feira, para atender aqueles que optarem pelo atendimento presencial. O ideal é isso, não ter fila e ter conforto, é assim que a gente quer tratar o cidadão, especialmente, nesse momento difícil”, afirmou Paula.

Apesar da estrutura com capacidade para atender um grande fluxo de pessoas, a procura presencial tem sido menor do que o esperado. Na manhã desta segunda, cerca de 150 pessoas haviam sido atendidas. No sistema online, quatro mil cadastros foram feitos apenas no fim de semana.

O secretário de Assistência Social, Tiago Bündchen, esclareceu alguns pontos importantes sobre o benefício: “O benefício federal é para pessoas atingidas pelas cheias, não para pessoas que tiveram que sair de casa por estarem em áreas de risco. Não é necessário Cadastro Único. Mas é importante estar cadastrado no Govbr que será o meio por onde serão feitas todas as informações sobre o benefício.”

Quem se deslocou até o auditório do Colégio Pelotense para se cadastrar relatou situações críticas, como Eva Dolores da Rocha Santos, moradora do Areal: “Minha casa está cheia d’água, uns 90 centímetros. A água corria dentro de casa como uma cachoeira. Não sabemos o que vai dar para salvar. Estamos em casa de parentes e esperamos receber este benefício para comprar os móveis que vamos perder.”

Michele da Silva Rodrigues, da Colônia dos Pescadores Z3, também compartilhou sua experiência: “Nossa situação é crítica, perdemos tudo, fogão, geladeira. Estou na casa da minha tia agora. Vim fazer o cadastramento e as atendentes me ajudaram muito porque eu não tinha mais os documentos das minhas filhas e elas conseguiram achar pelo site e concluir meu cadastro. Pretendo comprar uma geladeira e arrumar a casa com o valor do benefício.”

Stefani da Silva Perez, do Valverde, destacou o atendimento e a importância do benefício: “As atendentes me ajudaram e me recadastraram porque será muito importante este recurso para poder recomeçar.”

Atingidos pela enchente de diversas áreas da cidades realizaram o cadastro presencialmente

O Auxílio Reconstrução, valor de R$ 5.1 mil, destina-se a famílias afetadas diretamente pelas enchentes e é um esforço conjunto para acelerar a recuperação das áreas mais impactadas.

Para facilitar o acesso ao Auxílio Reconstrução, a Prefeitura de Pelotas disponibilizou links para cadastramento online, segmentados por regiões afetadas pela enchente.

Pontal da Barra e dos balneários Valverde e Santo Antônio: https://forms.gle/uwbNnnTLqPQNfJjp9

Colônia de Pescadores Z3: https://forms.gle/Z6hEQYe91k1CxTHa9

Areal, Centro, Vila Farroupilha, Doquinhas, Ceval, Simões Lopes, Vila da Palha, região do São Gonçalo e demais áreas afetadas: https://forms.gle/waUeiNAMYjtepXNh9

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome