Pelotas: Feira da Agricultura Familiar levará 73 produtores para a 30ª Fenadoce

A Feira da Agricultura Familiar é uma realização do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com o apoio da Emater/RS, Fetag/RS e Sindicato dos Trabalhadores Rurais do RS. (Foto: Rafael Takaki)

Na sua 30ª edição, a Fenadoce contará novamente com o tradicional Pavilhão da Agricultura Familiar, que terá 73 produtores distribuídos em 70 estandes com os mais variados produtos coloniais de 39 municípios do Rio Grande do Sul. O espaço tem sido um dos grandes destaques da feira nos últimos anos e vai oferecer aos visitantes centenas de itens variados provenientes das agroindústrias gaúchas, como queijos, vinhos, compotas e doces em conserva, rapaduras, sucos naturais, além de artesanato e plantas ornamentais.

Entre as novidades deste ano, está a carne de porco armazenada na banha, produzida por uma agroindústria do município de Frederico Westphalen, localizado na Região Norte do Estado. “A iguaria representa um resgate da cultura e da ancestralidade do povo gaúcho. Todos os anos nossos expositores apresentam novidades de receitas e produtos para o público que visita a Feira, agregando ainda mais valor e novas experiências gastronômicas”, explica o assessor de Política Agrícola da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag/RS), Jocimar Rabaioli.

A Feira da Agricultura Familiar é uma realização do governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com o apoio da Emater/RS, Fetag/RS e Sindicato dos Trabalhadores Rurais do RS. Todas as agroindústrias presentes na Fenadoce fazem parte do Programa Estadual de Agroindústria Familiar (PEAF). O programa, criado através do Decreto 49.431/12, tem, entre as suas diretrizes, o estímulo à realização de feiras municipais, regionais e estaduais.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome