Pelotas: Exposição que retrata trajetória de Bernardo de Souza pode ser vista até domingo

Prefeita Paula Mascarenhas e o vice Idemar Barz prestigiam a abertura da exposição fotográfica ‘Bernardo de Souza em dois tempos’ em homenagem ao ex-prefeito, com imagens do fotógrafo Gustavo Vara (Foto: Michel Corvello/Prefeitura de Pelotas)

Quem visitar o Paço Municipal, mais especificamente, a sala Frederico Trebbi durante o Dia do Patrimônio 2019 – evento que valoriza a história e cultura de Pelotas de sexta-feira (16) a domingo (18), poderá prestigiar os últimos dias da exposição “Bernardo em Dois Tempos — por Gustavo Vara”. A mostra fotográfica, que reúne 165 imagens, representa um recorte da trajetória profissional do ex-prefeito pelotense em seus dois mandatos à frente do Executivo de Pelotas: de 1984 a 1987 e em 2005.

Dispostas em dezenas de quadros em seis painéis, as fotos também retratam momentos de Bernardo em campanhas, ações na cidade, assembleias, reuniões de trabalho e encontros com a comunidade. Entre as imagens captadas pela lente do fotógrafo Gustavo Vara, em 2005, registros da prefeita Paula Mascarenhas – na época, chefe de gabinete do ex-prefeito; do governador Eduardo Leite, no início da carreira política; e do atual vice-prefeito Idemar Barz enquanto vereador da cidade.

Junto à mostra, logo na entrada da Prefeitura, um texto da prefeita é responsável por apresentar a obra e correlacionar a trajetória pessoal e profissional de Bernardo de Souza e Gustavo Vara. No final do escrito, ela resume: “Esta exposição retrata o encontro de dois homens cheios de talento e afeto”. O fotógrafo afirma que o próximo espaço a receber a coleção fotográfica será a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul – local entrelaçado à vida política de Bernardo, que foi eleito deputado estadual por três mandatos. A previsão é de que isso ocorra na primeira quinzena de outubro.

Além das fotos de Vara, a exposição também reúne imagens de autoria de seu pai, Edison da Vara, de Jorge Gonçalves (falecido em 2012) e de Vanderlei Porto. Na sexta, a exposição pode ser visitada das 9h às 17h; no sábado, das 10h às 17h; e no domingo, das 12h às 18h. Neste período, os pelotenses e visitantes da cidade também contarão com visita guiada pelo prédio da Prefeitura.

Dia do Patrimônio

Dentro da temática Etno Cidade Pelotas, a Prefeitura busca atrair a população para os prédios do Centro Histórico e outros locais, estimulando a ocupação e preservação desses espaços públicos. Em 2019, o Dia do Patrimônio evidencia os diferentes povos envolvidos na construção da cidade e suas características, refletidas entre os pelotenses. A sétima edição do evento na cidade contará com visitas guiadas gratuitas a mais de 30 locais, exposições, cinema e apresentações artísticas e culturais, como teatro, dança e música ao vivo.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome