Pelotas: Coleta seletiva em 100% da área urbana completa um ano

Após o Sanep ampliar a cobertura do serviço para toda a cidade, 216 toneladas de resíduos são coletadas mensalmente. (Foto: Amanda Kuhn)

No mês que Pelotas comemora 211 anos de história, a coleta seletiva completa um ano de atividades em 100% da área urbana do município. O Sanep, responsável pela operacionalização do serviço, recolhe 216 toneladas de recicláveis por mês, após a ampliação para toda a cidade. A adição de 20 novas regiões, que incluiu 40 mil residências na rota semanal do recolhimento, resultou no acréscimo de 42 toneladas de materiais mensalmente – o que representa aumento de 25% de itens recolhidos.

Com a cobertura total da coleta seletiva no formato porta a porta, os caminhões percorrem 416 quilômetros por dia, duas vezes por semana em cada bairro, de segunda a sábado, para destinar corretamente os resíduos descartados para a reciclagem.

Após a coleta, cerca de nove toneladas de materiais são transportadas, diariamente, e distribuídas entre as seis cooperativas de reciclagem conveniadas com a autarquia. Nas unidades, cada item é transformado em novo produto, evitando que polua o meio ambiente, contribuindo para uma cidade mais sustentável. Para o coordenador do Departamento de Resíduos Sólidos (Ders) do Sanep, Edson Plá Monterosso, Pelotas possui capacidade de elevar ainda mais o potencial de reciclagem já existente.

“São oferecidas diversas opções de reciclagem para a população pelotense. Além da coleta seletiva, também há os Ecopontos e as escolas do Adote uma Escola, projeto do Sanep, que recebem materiais recicláveis. E, junto com a questão ambiental, o viés social e econômico é muito importante, por gerar trabalho e renda aos trabalhadores envolvidos e diminuir gastos do poder público”, aponta.

Participação essencial dos pelotenses
A adesão da população com a oportunidade de integrar a coleta seletiva, no formato porta a porta, é representada pelos números registrados após a ampliação para toda a área urbana. O acréscimo de 25% de recicláveis recolhidos por mês demonstra que as pessoas estão dispostas a participar da separação correta dos materiais, afirma Monterosso. “A conscientização dos pelotenses é comprovada pelos números que o Sanep registra um ano após a disponibilização do serviço para toda cidade. É uma verdadeira rede de reciclagem, que buscamos fortalecer cada vez mais”, complementa.

Para estimular a participação dos moradores contemplados com a modalidade, o Sanep realizou atividade de conscientização ambiental nos locais que passaram a fazer parte do itinerário semanal da coleta seletiva. As regiões do Dunas, Vila Princesa, Sanga Funda, Sítio Floresta e Distrito Industrial receberam a visita de equipes da autarquia, para incentivar e informar acerca da novidade.

Os dias e turnos que a coleta seletiva ocorre em cada rua e bairro estão disponíveis no site do Sanep em sanep.com.br/residuos-solidos/mapas-horarios-coletas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome