Pacto Pelotas Pela Paz registra recordes positivos

Crimes violentos letais diminuíram 60%, desde o início do programa, numa estimativa de 264 vidas preservadas em sete anos. Números foram disponibilizados na reunião desta quarta-feira do Gabinete de Gestão Integrada. (Foto: Michel Corvello)

O Pacto Pelotas Pela Paz continua apresentando números positivos na manutenção e melhoria da segurança pública do Município, conforme levantamento levado à reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGM-I), desta quarta-feira (26), sobre os dados referentes ao período de janeiro a maio deste ano.

A prefeita Paula Mascarenhas parabenizou o trabalho de policiamento e controle das equipes de segurança do Município, principalmente durante os momentos mais críticos da crise climática enfrentada pelo Estado. “O levantamento demonstra o trabalho qualificado das forças de segurança. Mais uma vez, nós comprovamos a queda dos índices criminais – alguns registraram quedas históricas. Os dados mostram que o Pacto Pelotas Pela Paz é um projeto consolidado na cidade. Precisamos manter o trabalho integrado e reforçado para não perder as conquistas e, sim, ampliá-las”, relata a chefe do Executivo.

Conforme os dados coletados pelo Observatório de Segurança Pública e Prevenção Social, em comparativo com o início da implementação do Pacto, em 2017, o roubo e furto de veículos registraram os menores números desde então, com queda de 84%. Desde o lançamento do Pacto, os índices de roubo e furto às residências também diminuíram, no caso, em 55,6%.

Crimes Violentos Letais Intencionais

Conforme dados apresentados pelo Observatório de Segurança Pública e Prevenção Social, em Pelotas, de 2017 para 2024, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) diminuíram 60%. A estimativa é que 264 vidas tenham sido preservadas nos 73 meses de existência das medidas de segurança.

Índices criminais

Desde o início das ações de combate à violência, todos os índices criminais registraram queda – roubos a transporte público (75%), roubos de veículos (91%), furtos de veículos (79%), roubos a pedestre (82%) e roubos a estabelecimentos comerciais (78%).

Participaram da reunião representantes da Guarda Municipal (GM), Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e agentes de Trânsito, além do secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam, secretária de Segurança Pública, Cíntia Aires, e a coordenadora do Pacto Pelotas Pela Paz, Aline Crochemore.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome