Governo do RS contrata os cinco vencedores dos concursos do projeto Iconicidades

Foram entregues 14 propostas para construção de um anexo à edificação da antiga Secretaria de Finanças, localizada na diagonal da Prefeitura, e entregar a estrutura ao uso da comunidade como um Centro de Gastronomia. (Foto: Reprodução)

O governo do Estado assinou contrato com as cinco equipes classificadas em primeiro lugar em cada um dos concursos públicos de arquitetura promovidos no âmbito do projeto Iconicidades. A iniciativa, que pretende tornar as cidades gaúchas mais inovadoras, criativas e empreendedoras, realizou os certames de abrangência nacional com o objetivo de selecionar as melhores propostas de intervenção nos espaços apontados pelos municípios contemplados nesta primeira edição (Cachoeirinha, Pelotas, Rio Grande, Santa Maria e São Leopoldo).

Nesta terceira etapa do Iconicidades, as equipes contratadas desenvolvem os projetos executivos e complementares necessários à execução das intervenções. Uma vez concluídos e aprovados pelo Executivo estadual, os projetos completos serão repassados aos municípios via convênio. As prefeituras ficam responsáveis por executar as obras e implantar as iniciativas pretendidas para cada um dos locais.

Na medida em que os contratos foram assinados e publicados, ocorreram os pagamentos dos prêmios – R$ 20 mil para o primeiro colocado, R$ 15 mil para o segundo e R$ 10 mil para o terceiro.

Sem ocorrer no Estado desde pelo menos 2010, a realização dos concursos de arquitetura contou com consultoria e assessoria técnica do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS). A avaliação das propostas foi feita por arquitetos independentes contratados especificamente para atuar nas comissões julgadoras.

Nos casos de Santa Maria e São Leopoldo, por se tratar de bens tombados pelo Estado, houve participação de especialistas na área indicados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (Iphae). Os resultados foram revelados em julho.

Objetos dos contratos

Cachoeirinha

  • Complexo Casa de Cultura
  • Equipe: Troyano Arquitetura e Arte
  • Valor do contrato: R$ 580.389

Pelotas

  • Centro de Gastronomia
  • Equipe: Hiperstudio Arquitetura e Urbanismo
  • Valor do contrato: R$ 749.199,54

Rio Grande

  • Ecoparque Turístico Molhes da Barra
  • Equipe: Estúdio 41 Arquitetura
  • Valor do contrato: R$ 690.752,61

Santa Maria

  • Clube dos Ferroviários: Centro de Inovação e Economia Criativa
  • Equipe: Tempo Arquitetos
  • Valor do contrato: R$ 639.743,88

São Leopoldo

  • Complexo Casa da Feitoria/Museu do Imigrante
  • Equipe: SOLSS Arquitetura
  • Valor do contrato: R$ 607.321,14

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome