Pelotas: Surge um novo recordista na Tablada

Pit Stop derruba marca dos 1.400 metros e confirma que voltou para fazer história em Pelotas. (Foto: Álvaro Guimarães)

 Ao estabelecer o novo recorde para os 1400 metros na pista do hipódromo da Tablada, neste domingo, Pit Stop da Coudelaria San Paolo treinado por Carlos Botelho sinaliza ao público e apostadores que retornou de Porto Alegre, após uma temporada de cinco meses, para fazer história em Pelotas. A vitória sobre Zucchero colocou, ainda, a equipe definitivamente na briga pelo título da estatística dos proprietários do Jockey Club de Pelotas nesta temporada.

 A estratégia elaborada pelo treinador de C. Botelho funcionou perfeitamente e desde a abertura do partidor, Pit Stop tomou a frente dos adversários e administrou a vantagem sem ser importunado até o final, quando cruzou o disco de chegada com o tempo de 1min43seg, baixando em um segundo o recorde anterior estabelecido por Campeão Corunilha do Haras Cinco Irmãos em fevereiro.

“A carreira foi muito boa e aconteceu do modo como se planejou com ele largando e galopando na frente, não dando chance para os demais o alcançarem”, diz o jóquei Leonardo Fonseca, que aliás conseguiu uma marca pessoal ao bater pela segunda vez o recorde dos 1400. A primeira havia sido em 2020, montando Deep Dream.

 A vitória de Pit Stop foi a segunda da Coudelaria San Paolo na domingueira da Tablada. No segundo páreo, Lagherta também conduzida por L. Fonseca venceu com facilidade os 1.200 metros. Com esses dois resultados o time azul e preto passa a contabilizar quatro provas  ganhas na temporada e empata com João Luiz e Nathan Vanier na vice-liderança do campeonato de proprietários, que ainda é liderado pelo Haras Nacional com seis vitórias.

LOBÃO VOLTA A GANHAR – Um dos studs mais tradicionais de Pelotas e do Rio Grande do Sul, o Stud Lobão de Pelotas também teve muito que comemorar no domingo ao reencontrar o caminho das vitórias e ganhar o primeiro e o último páreo com True Diamond e Won Tiger, respectivamente. O time azul e ouro dos irmãos Giovani e Rogério Gonçalves não vencia desde a 4ª Reunião disputada em setembro. Com os dois sucessos do domingo o Stud Lobão passa a ter três vitórias na temporada.

JÓQUEIS – Os líderes do campeonato de jóqueis L. Fonseca e Henrique Oliveira terminaram o domingo com duas vitórias cada e apesar de abrirem vantagem sobre os demais se mantiveram na mesma posição na tabela. Agora L. Fonseca contabiliza 11 vitórias e H. Oliveira, oito.

 Enquanto o líder faz planos de aumentar a vantagem desde as primeiras reuniões de 2022 de olho no bicampeonato, seu adversário comemora a posição atual, mas não deixa de mirar o objetivo principal que é levar o título. “É muito bom terminar o ano em segundo lugar na estatística, isso comprova que 2021 foi um ano muito bacana, agora espero que o ano que vem comece melhor ainda e eu consiga buscar essa estatística”, diz H. Oliveira.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome