Pelotas: Prefeita entrega certificados para alunos premiados na Obmep

Cinco estudantes da rede municipal receberam menções honrosas na competição nacional de Matemática. (Foto: Michel Corvello/Prefeitura Municipal de Pelotas)

A prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) entregou, nesta quarta-feira (12), os certificados das menções honrosas conquistadas por cinco estudantes da rede municipal na 17ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) realizada em 2022. O grupo é formado por Mayara Sias Pereira e Luís Henrique Zaffalon Scheunemann da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) João da Silva Silveira, Olivia Bulow dos Santos da Emef Garibaldi, e Alice Madruga Pestana e Isadora Ulguin Vieira do Colégio Municipal Pelotense.

“Ver essa juventude entusiasmada com o conhecimento, querendo se desafiar para aprender cada vez mais, nos deixa muito felizes. A gente quer que sejam motivadores e exemplos para os colegas, não apenas de suas escolas, mas de toda a rede, pois a Matemática abre o nosso pensamento. Quem tem facilidade de entender a lógica matemática consegue entender muitas outras lógicas da vida, mais facilmente, e compreender muitos desafios que a vida cotidiana vai trazer. Ter um raciocínio lógico nos auxilia a aprender mais de outras áreas. Por isso, quem se destaca em Matemática está um passo à frente”, disse Paula.

A prefeita destacou, ainda, o papel fundamental desempenhado pelos professores na construção de ambientes inspiradores para os alunos. “O que faz com que um aluno queira participar de uma olimpíada de Matemática é alguma coisa além do conhecimento. Há algo de desafio, de inspiração, que só os bons professores despertam nos alunos. Nesse interesse e prazer de seguir além, os professores têm muita responsabilidade e participação nesse processo”, disse.

A plataforma digital de ensino de Matemática, Khan Academy, adotada pela rede municipal desde 2014 e que, atualmente, atende aproximadamente quatro mil estudantes, foi apontada por Paula como uma grande ferramenta à disposição dos professores para qualificar e reforçar o ensino da disciplina nas escolas. Todos os alunos premiados na Obmep trabalham ou trabalharam com a plataforma em suas escolas.

Obmep surge como oportunidade de ampliar conhecimentos

Para a secretária de Educação e Desporto, Adriane Silveira, a Obmep aparece como uma oportunidade de as escolas buscarem a ampliação do ensino da Matemática. “A rede acolheu a Olimpíada de Matemática e assume o evento como um momento muito importante para o desenvolvimento dos alunos. Então, buscamos com que os conteúdos sejam de fato ampliados e esses estudantes tenham, com base na Matemática, possibilidade de se desenvolver muito mais, pois transformar conteúdo em vida e mudar a vida das pessoas é papel da escola”, afirmou.

Para as estudantes Alice Madruga Pestana de 12 anos e Isadora Ulguin Vieira de 16 anos, alunas do Colégio Municipal Pelotense, a participação no concurso e a premiação garantiram a certeza que vale a pena se dedicar a aprender Matemática.

“A professora me incentivou a participar para adquirir mais conhecimento e acabei passando para a segunda fase e ganhando uma menção honrosa. Isso ajudou a abrir minha cabeça para coisas novas, como o aprendizado de Lógica, e me faz querer participar da próxima edição”, conta Alice.

Aluna do 2º ano do Ensino Médio, Isadora, já vê a Matemática como a ciência que vai acompanhá-la pelo resto da vida. “Matemática sempre foi minha matéria favorita e participar da Obmep me incentiva a querer evoluir cada vez mais. Depois do colégio, irei escolher um curso da área das Ciências Exatas na faculdade e a Matemática vai continuar na minha vida.”

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome