Receita Federal em Pelotas recebe 154,8 mil declarações do Imposto de Renda 2024 entregues por contribuintes da Zona Sul

O prazo de entrega da declaração termina em 31 de maio para os contribuintes dos municípios em que não houve prorrogação. (Foto: Divulgação)

A Delegacia da Receita Federal do Brasil em Pelotas informa que até o final da manhã desta sexta-feira (24), já foram entregues 154.847 declarações do Imposto de Renda de 2024. A meta prevista é de 240 mil declarações até o final do prazo.

O prazo de envio da declaração de Imposto de Renda 2024 termina em 31 de maio. Será cobrado multa de quem estiver obrigado a entregar a declaração e não o fizer até o fim do prazo. O valor da multa cobrada é de 1% ao mês, sobre o valor do Imposto de Renda devido, limitado a 20% do valor do Imposto de Renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

Importante

O prazo de entrega das declarações de Imposto de Renda para os municípios (*) atingidos pelas enchentes no Rio Grande do Sul, constantes do Anexo I da Portaria RFB nº 419, de 10 de maio de 2024 e da Portaria RFB nº 423, de 22 de maio de 2024 foi prorrogado para o último dia útil de agosto.

(*)Com a edição dessas Portarias, a prorrogação abrange 22 dos 34 municípios jurisdicionados pela Delegacia da Receita Federal do Brasil em Pelotas. Os municípios com prorrogação são: Aceguá, Amaral Ferrador, Arambaré, Arroio Grande, Camaquã, Canguçu, Cerro Grande do Sul, Cristal, Dom Feliciano, Herval, Jaguarão, Lavras do Sul, Pedras Altas, Pelotas, Pinheiro Machado, Piratini, Rio Grande, Santa Vitória do Palmar, São José do Norte, São Lourenço do Sul, Sentinela do Sul e Tapes.

Destinação aos Fundos da Criança e do Adolescente(FDCA) e da Pessoa Idosa (FDI)

No levantamento das declarações recebidas até o dia 22 de maio, o sistema já contabilizou o pagamento de 430 darfs de contribuintes que optaram por destinar até 3% do Imposto de Renda devido, diretamente na declaração, aos FDCA e FDI, contabilizando R$ 376.242,00. Essa destinação pode ser feita até o prazo final da entrega da declaração e será repassada aos Fundos para aplicação, por meio de projetos sociais, em políticas públicas em benefício de crianças, adolescentes e idosos. O potencial de destinação, correspondente a 6% do imposto devido, da região é de R$ 54 milhões.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome