Pelotas: Prefeitura e UFPel recuperam monumento da Coronel Pedro Osório

Monumento às Mães de Antônio Caringi passa por conservação e restauro para recuperação de danos de vandalismo. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura, em parceria com a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), deu início, nesta semana, ao processo de recuperação e restauro do Monumento às mães, do escultor Antônio Caringi, situado na praça Coronel Pedro Osório. Com marcas de vandalismo, a obra apresenta inscrições em tinta. Na primeira etapa, será realizada limpeza para posterior análise para uma possível restauração.

A Secretaria de Cultura (Secult), junto ao curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis da UFPel, projeta também recuperar outros monumentos danificados da cidade. A Câmara de Vereadores irá apoiar o projeto, com o fornecimento de produtos específicos para esse tipo de limpeza.

De acordo com a coordenadora do projeto, professora Daniele Baltz da Fonseca, para remoção da pichação do Monumento às Mães, foram realizados testes com diferentes produtos. “Utilizamos cinco tipos de produtos diferentes para alcançar a remoção da tinta. Apenas a emulsão de tolueno em água sensibilizou a tinta, revelando-se a melhor opção a ser usada”, explicou.

O Monumento às Mães foi assentado na praça no ano de 1968, próximo da Fonte das Nereidas. Para a confecção da escultura em bronze, Caringi se inspirou como modelo na sua esposa, poetisa Noemi Assumpção Osório Caringi.

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome