Obra protege prédio histórico que sediou Banco do Brasil em Pelotas

(Foto: Igor Sobral/Prefeitura de Pelotas)

O antigo prédio, que sediou o Banco do Brasile localiza-se no encontro das praças Coronel Pedro Osório e 7 de Julho, no Centro Históricode Pelotas, recebe medida emergencial de proteção. A pedido da Secretaria de Cultura (Secult), a Secretaria de Obras e Pavimentação (Smop) executa o aumento da altura de muro lateral, contíguo à edificação, visando impedir o acesso de estranhos no interior do imóvel.

O secretário de Obras e Pavimentação, Luiz Eduardo Tejada, informa que a obra consiste na construção de aproximadamente mais um metro e meio de muro, com tijolos maciços, a partir do já existente. Acima, será colocada cerca de concertina.

O secretário de Cultura, Giorgio Ronna, comenta que a medida tem o objetivo de aumentar a proteção do prédio, prevenindo o acesso e ações dele decorrentes. A edificação tem o reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como bem material do patrimônio pelotense. Em breve, o imóvel passará por intervenções de limpeza completa.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome