Secretaria de Saúde de Pedras Altas realiza Palestra Alusiva ao Novembro Azul

O Secretário de Saúde, Celso Caetano, fez abertura do evento e agradeceu a presença de todos, falou sobre a importância do novembro azul mês dedicado a saúde do homem. (Foto: Divulgação)

Na segunda-feira (29), a Secretaria Municipal de Saúde de Pedras Altas realizou uma palestra sobre o Câncer de Próstata. O evento aconteceu nas dependências do Sindicato Rural e foi ministrada pela enfermeira Ariadne Meira da Costa e o médico Alexandre Zanuncio, ambos falaram sobre a importância do cuidado masculino com a saúde.

O Secretário de Saúde, Celso Caetano, fez abertura do evento e agradeceu a presença de todos, falou sobre a importância do novembro azul mês dedicado a saúde do homem.

Segundo a enfermeira Ariadne, o câncer de próstata atinge 400 mil homens por ano. Ela falou também sobre a importância de cuidar da saúde de uma forma geral. “Devemos cuidar da nossa alimentação, buscando alimentos mais saudáveis, evitando consumo de alimentos industrializados. A prática de atividade física também é necessária para evitar o sedentarismo”.

O médico ressaltou a importância de diversos fatores que devem ser observados além do histórico familiar. “O homem deve cuidar da saúde como um todo, entre os homens o câncer de pele é a principal causa de morte seguido do câncer próstata. Todo problema de saúde exige cuidado e atenção,o diagnóstico precoce é de extrema importância”, concluiu.

Segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata.

O que é a próstata?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Está localizada abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

Sintomas

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência, presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Prevenção e tratamento

O diagnóstico precoce é fundamental para a cura do câncer de próstata. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. As biópsias e ultrassom também são utilizados para diagnosticar.

Com informações do site do Inca*

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome