Executivo e Legislativo de Pedras Altas participam de eventos promovidos pela FAMURS na 44ª Expointer

Representantes do Executivo e Legislativo de Pedras Altas estiveram no evento. (Foto: Divulgação)

Na quinta-feira (9), o prefeito, Bebeto Perdomo (pp), o vice, José Volnei, o secretário de Agricultura, Ivanilson Moreira, e vereadores participaram da Assembleia Geral de Prefeitos. O evento foi promovido pela FAMURS na 44ª Expointer no Parque Assis Brasil, em Esteio. Durante a Assembleia foram tratados diversos assuntos, entre eles a fonte de receitas para garantir a manutenção dos serviços municipais e saneamento básico. A assembleia contou com a participação de 300 gestores municipais: prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. 

O presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, destacou a atuação da entidade diante das dificuldades financeiras que o país enfrenta. “Estamos honrados e alegres em ver a participação massiva dos gestores nesse encontro da nossa Federação. Esse é um momento importante porque acreditamos que a integração dos municípios representa o desenvolvimento das nossas comunidades”, salientou.

Ainda na Expointer, o Executivo e Legislativo municipal participaram do Ciclo de Palestras e Debates do Senado Federal, no âmbito da Comissão de Agricultura, de lançamento na Farsul com relação as políticas públicas de Segurança no campo, combate ao abigeato e Ovinocultura. 

Outro evento importante foi o ato de assinatura da parceria da Secretaria de Agricultura com a Associação Brasileira de Criadores Ovinos (Arco), no âmbito do programa de certificação da lã, que busca agregar valor ao produto com o material, propiciando ganhos de gestão e de renda, em especial nas pequenas propriedades. 

Na casa da Farsul, a equipe participou do debate sobre sanidade animal e novos mercados para a proteína, diante do reconhecimento do Rio Grande do Sul como área livre de febre aftosa sem vacinação, pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Em um dos encontros, a equipe de Pedras Altas apresentou uma política pública com relação aos protocolos de criação de cachorro no estado e proteção ao sistema da cadeia produtiva da Ovinocultura, com relação aos cachorros e penalização aos proprietários de cães.

 

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome