Morro Redondo: Sabrina Waltzer destaca as conquistas obtidas na área cultural no município

A produtora cultural, artista musical e empreendedora Sabrina Waltzer afirma que do último aniversário do município para cá foram muitas as conquistas na área da cultura. (Foto: Divulgação)

“É com um misto de sentimentos que estamos prestes a comemorar mais um aniversário do nosso querido município, por um lado a alegria dessa data tão significativa, pois foi a retomada do crescimento da localidade, e por outro lado sentimentos em ressonância com as tragédias das enchentes nas cidades gaúchas”, destaca a produtora cultural, artista musical e empreendedora Sabrina Waltzer.

Segundo a artista, do último aniversário do município para cá foram muitas as conquistas na área da cultura. “Fizemos o dever de casa através da união dos trabalhadores da cultura, ativação do conselho e envolvimento da Câmara e Prefeitura”, diz. Sabrina cita nomes que considera fundamentais para essa ação: Patrícia Hackbart (presidente do conselho da cultura), Flavio Almeida (também integrante do conselho), Luiz Fagner dos Santos e Matheus Müller, do gabinete do prefeito Rui Brizolara (União Brasil), a vice prefeita Angélica Boettge dos Santos e as vereadoras Vivian do Point e Letícia Santos – todas do PSDB.

“Um ponto muito importante e que sinaliza esta alta vibração cultural foi a visita da secretária estadual da cultura Beatriz Araujo, para conhecer nosso roteiro turístico em fevereiro, que gentilmente aceitou o convite para participar da abertura do carnaval de Morro Redondo e, de quebra, ainda tivemos a felicidade de ver a secretária vestindo a camiseta do nosso Bloco Carnavalesco Vaquinha Tiririca (com o desfile contemplado em edital estadual)”, relembra.

Como a colonização em Morro Redondo foi predominantemente germânica, neste ano ocorrerá uma série de ações no município para comemorar o Bicentenário da Imigração Alemã no Brasil. “As datas devem ser reagendadas devido aos atrasos nas produções gerados pelas chuvas e enchentes”, ressalta. Ela destaca ainda alguns setores abordados:

Canto em língua alemã: O Espaço Cultural Waltzer Musik oferece aulas de canto coral com enfoque no canto em língua alemã, contemplado pelo edital municipal Demais Áreas da Lei Paulo Gustavo. Como contrapartida, será realizado um Recital de Música Alemã, com Lieder e música popular, com a própria Sabrina no canto e Lázaro Krolow ao piano, além da participação do grupo de alunos do Canto Coral.

Videoclipe: lançamento do videoclipe Já Passou o Coxilha (vamo destampá), com música de gênero “bandinha” alemã cantada em português, fazendo alusão a uma anedota popular com o ônibus Coxilha dos Piegas, que fazia a desativada linha Canguçu-Pelotas por vias rurais. O evento conta com a comercialização de um almoço emhomenagem à data. Logo após, haverá o lançamento do videoclipe com entrada gratuita e confraternização musical junto à banda que o gravou, o Grupo de Stiepen de Morro Redondo, do qual Sabrina faz parte. O projeto é contemplado pelo edital municipal de audiovisual da Lei Paulo Gustavo.

Dança e música: Outro projeto importante para a data e que também foi contemplado pelo mesmo edital é a contribuição dos imigrantes alemães para o desenvolvimento de Morro Redondo, da produtora cultural Fernanda de Castro Blank, com o agente cultural Jorge Signorini. Nele, a música germânica é cultuada com apresentações do Grupo Os Tordilhos e do Grupo de Dança Pomerana Sonnenschein, de São Lourenço do Sul. As apresentações seriam realizadas junto à Festa de 36º Aniversário de Morro Redondo, mas com o adiamento das festividades, a nova data ainda deve ser definida.

A produtora cultural afirma que estas movimentações possibilitam compreender a importância de estar com a cultura regularizada no município, e que através da boa vontade, da conscientização da área e das verbas dos editais é possível realizar eventos que valorizam a cultura local, proporcionando, assim, obras culturais, trabalho para muitos profissionais da área, além de valorizar uma das culturas mais relevantes para a formação do município. Ela destaca ainda o empenho da Comunidade da Igreja São Marcos com trabalhos de iniciativa voluntária, ressaltando o trabalho da Simone Ludtke, ao abordar a cultura germânica e pomerana, com dança, teatro e a tradicional Festa do Colono e do Motorista, através de desfile típico, e que é realizada no mês de julho. “Que sejam belas essas e outras homenagens à data mesmo em meio a tempos tão desafiadores”, conclui.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome