Canguçu tem aumento significativo em casos de coronavírus

Agentes de fiscalização atuaram no município durante o final de semana passado (Foto: Divulgação)

Nos últimos dias, Canguçu registrou números cada vez mais elevados de casos de Covid-19. O município saltou para 768 confirmados na quarta-feira (2), sendo 547 recuperados e 14 óbitos contabilizados. Em apenas um dia, o Lar de Idosos Bom Samaritano registrou 27 positivados, gerando um surto epidemiológico.

Em transmissão ao vivo realizada através das redes sociais, o secretário de Saúde, Eliezer Timm, falou sobre a ampliação de testagens através do Programa Testar RS. Na oportunidade, afirmou que a população acabou descumprindo algumas medidas de segurança, em meio à bandeira amarela de Distanciamento Controlado, devido à falsa sensação de normalidade. Timm ainda ressaltou que o município possui baixo número de internações em hospitais e em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em relação aos casos positivos.

No final de semana passado, os agentes de fiscalização atuaram para conscientizar, dispersar aglomerações e acompanhar situações mais graves em relação aos cuidados com o vírus. O cumprimento das medidas de segurança foi intensificado, conforme resultado da reunião promovida na segunda-feira (30) pelo governador Eduardo Leite com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e as Associações dos Municípios.

A partir de agora, além do reforço em campanhas de conscientização, o governo estadual prestará auxílio na fiscalização dos protocolos estabelecidos através da Brigada Militar (BM) e da criação de um canal específico para denúncia de aglomerações, suspensão de eventos de fim de ano – tanto privados, quanto públicos – exceto eventos que tenham controle de público e cumpram os protocolos.

Leitos de UTI
A comunidade canguçuense levantou questionamentos em relação ao uso dos leitos de UTI no município e de acordo com nota divulgada pela Prefeitura, os dez leitos estão ocupados e o local possui duas vagas que podem ser utilizadas por pacientes com doenças infectocontagiosas, incluindo Covid-19.

Conforme a nota, a UTI é gerenciada pelo próprio hospital, mas seus leitos ficam à disposição da regulação do Estado. Sendo assim, existindo a necessidade, pacientes da região poderão ser internados se houver leitos disponíveis.

Medidas de enfrentamento
De acordo com o Executivo Municipal, poderá ser permitido o funcionamento de atividades em locais abertos, desde que tenham controle de acesso. Em contraponto, ficam vedados o funcionamento de atividades em locais fechados, a permanência em locais abertos sem o controle de público e os eventos sociais como casamentos e formaturas, além do uso das áreas comuns em condomínios e clubes.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome